Blog

Postado em em 6 de dezembro de 2022

Modelos Power BI: 15 Exemplos de Projetos para Praticar!

Quantos modelos Power BI você conhece? É provável que o gestor da sua empresa tenha informações avulsas que seriam melhor analisadas com o programa. Assim, é importante que você esteja preparado para lidar com vários exemplos de projetos Power BI. 

Você já sabe que os dashboards são telas que exibem as principais informações e relatórios sobre os negócios. Seja um dashboard de compras Power BI ou um dashboard de produção, seus dados são valiosos.

Por isso, trouxemos alguns modelos de Power BI para você conhecer e de bônus, ainda quero te mostrar a Galeria de Dashboards da Microsoft.

Vem com a gente!

Confira Alguns Modelos de Power BI

1. Dashboard de vendas

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Os modelos Power BI são diversos. Você já ouviu falar em painel operacional, certo? Ele pode exibir dados de métricas e KPIs, como as vendas. 

O dashboard vendas Power BI precisa de uma base de dados da equipe de vendas, com informações sobre o vendedor, o que ele vendeu, o valor da venda, a forma de pagamento, etc.

Para evitar uma trapalhada com colunas vazias ou linhas em branco, é preciso editar a tabela para ter dashboard vendas Power BI. É uma das dicas que damos em projetos Power BI para iniciantes.

Você conseguirá separar duas informações que estão em uma única coluna usando o comando “Dividir Coluna”, por exemplo.

Acesse aqui o artigo com todos os passos para construção do dashboard em detalhes.

2. Análise de vendas x devoluções

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Está em busca de modelos Power BI para analisar vendas e devoluções? Você já viu que é possível fazer um dashboard de vendas.

No entanto, com nossos projetos Power BI para iniciantes e experientes, conseguimos mostrar somente o que foi vendido, sem as devoluções. Essa análise pode ser feita de maneira automática.

A ideia principal desses modelos Power BI é cruzar as informações das duas bases, portanto. E é um dos exemplos de projetos Power BI que traz a formatação de dados no Power Query.

Acesse aqui o artigo com todos os passos da análise em detalhes.

3. Análise de clientes

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Quanto à análise de clientes, o que dá para fazer no Power BI? Com uma base de dados de clientes, você pode observar diversos aspectos e acrescentá-los em um dashboard.

No início, é preciso analisar os dados da tabela para verificar se faltam informações ou se é preciso “criar novas informações” para nossas análises.

Número de atendimento, data de atendimento, total gasto por cliente no atendimento e atendente são algumas informações. 

Para realizar a análise, podemos utilizar algumas fórmulas, como função SUM, função DISTINCCOUNT, função AVERAGE, função COUNTROWS, e outras.

Acesse aqui o artigo com todos os passos da análise em detalhes.

4. Dashboard de Produção

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Seu gerente pediu uma análise sobre a eficiência global dos equipamentos. Para este objetivo, você sabe como construir um dashboard no Power BI?

A análise OEE (Overall Equipment Effectiveness) é muito comum em um dashboard de produção. E o que se aprende ao fazer um dashboard de produção? Veja:

  • gráfico Velocímetro e gráfico de Área em Nível;
  • inserir dados e plano de fundo no Power BI;
  • tratamento de dados no Power Query;
  • criar medidas e coluna no Power BI;
  • fórmula RELATED e CALCULATE, etc.

Na prática, esse dashboard de produção envolve interpretação, tratamento e exposição de dados de uma empresa.

Acesse aqui o artigo com todos os passos para construção do dashboard em detalhes.

5. Dashboard de Compras

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Os modelos Power BI de compras são muito úteis para a gestão empresarial e para o setor de aquisições. 

Para fazer seu dashboard de compras Power BI, você precisará utilizar algumas fórmulas, como AVERAGEX, SUMX, e SELECTEDVALUE. 

As bases de informações trazem dados sobre compradores, fornecedores, matérias-primas envolvidas nas operações da empresa e compras.

O dashboard de compras Power BI envolve também tratamento e segmentação de dados, relacionamento entre as tabelas, tabela auxiliar dCalendario, e tooltip (um mini dashboard).

Acesse aqui o artigo com todos os passos para construção do dashboard em detalhes.

6. Análise de Estoque

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Analisar o estoque por meio de modelos Power BI é um ponto-chave para uma gestão de suprimentos assertiva. 

Você tem uma base de dados de estoque grande, que traz informações sobre movimentação, ID do produto, data, loja, quantidade, etc.

Os exemplos de projetos Power BI que lidam com tais informações de estoque podem envolver a Árvore de Decomposição.

Ao construir esses modelos Power BI, você aprende como inserir o gráfico de árvore hierárquica, preencher os campos para a construção do gráfico e muito mais.

Acesse aqui o artigo com todos os passos da análise em detalhes.

7. Análise de contratações e demissões

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Analisar contratações e demissões por meio de modelos Power BI contribui bastante para o RH da empresa. 

O primeiro passo, como em outros projetos Power BI para iniciantes, é verificar as informações. Elas trazem dados sobre os funcionários, incluindo, claro, as datas de contratação e de demissão.

A Tabela Calendário também será utilizada e, com ela, você cruza a quantidade de contratações e demissões, bem como os funcionários atuais.

Para construir esses modelos Power BI, você utilizará a fórmula COUNTROWS (contar a quantidade de colunas), a função CALCULATE (cálculo de acordo com um filtro) e função BLANK.

Acesse aqui o artigo com todos os passos da análise em detalhes.

8. Análise de rotatividade (turnover)

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

A análise de rotatividade é feita de forma semelhante à análise de contratações e demissões. Afinal, tratam sobre o mesmo assunto e utilizam os mesmos dados.

Por isso, nesses modelos Power BI, você utilizará as mesmas funções que acabamos de citar. 

Acesse aqui o artigo com todos os passos da análise em detalhes.

9. Análise de Competência – Gráfico de Radar

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Para analisar as competências das equipes, o que dá para fazer no Power BI? Um gráfico de radar.

Sua tabela base traz informações do funcionário e as notas relativas a cada competência (iniciativa, liderança, comunicação, etc). Mas não dá para criar um gráfico com a nota de cada competência separada em uma coluna. 

Os números precisam estar em uma única coluna. Então vamos transformar essas diversas colunas de competência e torná-la uma coluna. Esse é só o início do trabalho nesses modelos Power BI.

Acesse aqui o artigo com todos os passos para construção do dashboard em detalhes.

10. Análise de Dados da Bolsa Valores

Baixe aqui os arquivos usados na aula!

Modelos Power BI para análise de dados da Bolsa de Valores? Temos. Você pode fazer uma análise gráfica de uma carteira com a IBOVESPA e comparar de valores e percentual de desempenho.

Com auxílio do Google Sheets para ter a base de dados, você utilizará a função GOOGLEFINANCE, que retorna informações da ação nos dias do intervalo desejado. 

O tratamento de dados será feito no Power Query, e o Power BI finaliza com os dados já tratados.

Acesse aqui o artigo com todos os passos para construção do dashboard em detalhes.

Mais modelos 

Agora, vamos entender alguns outros modelos no Power BI que são úteis para diferentes tipos de empresa. 

11. Painel de análise de RH

Vamos começar com um painel de análise de RH — um setor indispensável em qualquer tipo de organização. Podemos ter um painel com um indicador do número de funcionários ativos, em comparação com funcionários que já saíram.

Além disso, é possível ter uma visão da divisão de pessoas por gênero, por setor e até mesmo por tipo de contrato (CLT, PJ, mensalista, horista, terceirizado). Outro indicador bom para se ter é com relação ao salário.

Uma visão histórica permite analisar as admissões e saídas ao longo dos anos. Assim, a empresa pode gerar insights e tentar entender se precisa melhorar em algo para tornar o ambiente de trabalho mais saudável.

Já a divisão por gênero, por exemplo, possibilita saber se a empresa tem sido igualitária nesse sentido e se deve melhorar. 

12. Monitoramento de mídia social e painel de análise

Esse painel pega dados de monitoramento das redes e tenta expor algumas métricas interessantes de análise. Métricas típicas de engajamento em cada rede (curtidas, comentários, etc), bem como algumas de conversão são importantes.

Nesse sentido, é bom até mesmo ter uma análise de sentimentos para pegar a satisfação geral do público com relação à marca. É uma ferramenta que se chama de social listening. 

13. Painel de Desempenho da Equipe

Nesse painel, se obtêm indicadores precisos acerca da performance da equipe internamente. É um painel com medidores de produtividade, que pode ser analisada por setor, por exemplo. Também pode olhar para consumo dos recursos e eficiência.

Um bom indicador é o ROI, retorno sobre o investimento. Ele permite verificar o quanto a empresa conseguiu de retorno a partir do que foi colocado como investimento em determinados projetos. Ou seja, isso permite avaliar o sucesso do projeto.

O desempenho da equipe pode até considerar métricas de produtividade de um time inteiro e individuais. Assim, permite gerenciar o grupo para tratar certos casos e certas inconsistências. 

14. Painel de análise de engajamento de e-mail

Esse é um painel útil no caso de campanhas feitas por e-mail, como as ações de e-mail marketing. Assim, analisa o engajamento das ações, como as reações dos clientes, a abertura dos e-mails, os cliques e as taxas de conversão a partir deles.

Então, é viável analisar tudo isso por filtros, por período de campanha, por tipo de ação e por tema/produto. Também pode ser uma boa ideia inserir o ROI para acompanhar. 

Caso os números estejam bons, a empresa deve replicar; caso contrário, é preciso estudar a fundo o que deu errado e tentar outra direção. 

15. Painel COVID-19

Esse é um exemplo completo de painel para analisar dados da saúde pública. Demonstra como modelos no Power BI podem ajudar bastante na compreensão de um cenário. 

É um painel com o número de casos, número de mortes, filtros de casos e mortes por país, por região do mundo, etc. Tudo isso pode ser avaliado ao longo do tempo também. 

Também pode-se avaliar o número de pessoas curadas e a evolução das vacinas e das medidas de isolamento. Ademais, existe a possibilidade de fazer uma análise mais profunda com apoio de mapas. 

Galeria de Dashboards Power BI

Na Galeria da Microsoft é possível observar uma grande variedade de dashboards para que tenha ideias de como construir um, quais informações podem ser importantes.

Quais os tipos de gráficos estão sendo utilizados, como as análises e comparações são feitas.

E sabe qual o melhor disso tudo? Você pode olhar e utilizar esses dashboards na própria página, ou seja, vai ver como eles de fato funcionam.

Galeria de Dashboards Power BI
Dashboard de estoque

Esse por exemplo é um dashboard de inventário de estoque, então você pode interagir com todas as opções que o dashboard possui até para ter mais ideias de controles que pode inserir no seu próprio relatório.

Não vá achando que o Power BI é apenas para mostrar dados de vendas ou algo do gênero, podemos utilizar essa ferramenta para os mais diversos tipos de dados.

Galeria de Dashboards Power BI
Dashboard de jogadores da NFL

Esse dashboard aqui é uma simulação de jogadores da NFL, ou seja, pode utilizar de fato o Power BI para representar qualquer tipo de informação.

Então tem uma diversidade muito grande de dados que pode trabalhar e muitas formas de criar esses relatórios.

Se você ainda não se convenceu de que o Power BI de fato serve para qualquer tipo de dados, vou te mostrar um exemplo.

Dashboard de Pokemon
Dashboard de Pokemon

Até mesmos para jogos/animes é possível criar um relatório com qualidade profissional dentro da mesma ferramenta.

Conclusão – Modelo Power BI

Como vimos, os modelos no Power BI trazem exemplos de dashboards completos que podem ser úteis para análise em sua empresa. Assim, permitem visualizar a situação de inúmeros ângulos para reforçar a tomada de decisão.

Você ainda pode acessar a Galeria da Microsoft tanto para ter ideias para construir o seu próprio dashboard e ainda verificar que o Power BI não serve para uma única aplicação ou para uma única área.

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso básico gratuito?

Leia também sobre: “Filtros personalizados – como usar segmentação de dados no power BI?”

Quer sair do zero em Power BI e impressionar no mercado de trabalho? Se inscreva agora no Power BI Impressionador!