Blog

Postado em em 10 de novembro de 2021

Dashboard de Produção no Power BI – Passo a Passo de Construção

Nessa aula eu quero te mostrar o passo a passo de construção de um Dashboard de Produção no Power BI completo para fazer suas análises!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber por e-mail o(s) arquivo(s) utilizados na aula, preencha:

Fala, pessoal! Hoje vamos ter uma aula completa que vai mostrar a criação de dashboard de produção no Power BI, que foi muito pedido por vocês nos comentários!

Vamos te mostrar o passo a passo de como criar dashboard de produção no Power BI para que você possa fazer uma análise completa de suas informações.

Essa análise que nós vamos fazer é uma análise OEE (Overall Equipment Effectveness), que mostra a Eficiência Global dos Equipamentos.

Inicialmente vamos fazer o tratamento de dados no Power Query, como você já deve ter visto aqui em outras aulas, de como tratar dados no Power Query.

Essa parte é muito importante, pois é nela que você vai ajustar sua base de dados para que fique organizada e com todas as informações que precisa.

Depois disso é que vou te mostrar a criação do dashboard de produção no Power BI, como criar medidas, fazer alguns cálculos para que todas as informações importantes fiquem em destaque nesse dashboard.

Por fim, criaremos visualizações (gráficos) que mostrem as nossas medidas e cálculos feitos.

Acompanhe com a gente o super dashboard de produção que foi muito pedido aqui no canal! Vamos lá!

1) Inserir os dados do Excel para Power BI

  • Primeiramente vamos olhar a planilha com as informações que queremos usar, e suas devidas abas
  • A aba de CadastroOperadores contém as informações dos operadores que trabalham na produção da empresa
  • A aba de CadastroOcorrencias contém uma lista de ocorrências que podem acontecer que atrapalhem a produção
  • A aba CadastroProdutos contém a lista de produtos que são produzidos pela empresa, e a quantidade que pode ser feita por hora (peças hora)
  • A aba BaseOrdens contém as informações das ordens de produção, cada uma sendo uma informação única
  • A aba BaseProdução contém os acontecimentos da empresa, ou seja, a produção, com as diversas ordens de produção listadas, data e mostra como os produtos são produzidos ao longo do tempo
  • Na página inicial do Power BI, vamos clicar em Obter dados
  • Fonte > Excel > procurar o arquivo em questão
  • Selecionar todas as abas do arquivo em questão, que queremos importar para o Power BI
    1
  • Clicar em transformar dados, porque pode ser que queiramos tratar algum tipo de dado, e vamos querer fazer operações com esses dados

2) Tratar os dados no Power Query

Assim que o Power Query (editor de consultas/tabelas) se abrir, vamos analisar os cabeçalhos, para verificar se os tipos de dados estão correspondentes/da melhor forma.

a) Quantidade de horas de cada etapa de produção

Na consulta criada de BaseProdução nós temos, linha a linha, o começo e o fim de cada operação.

Precisaremos então, para ter a quantidade de horas de cada etapa da produção, fazer a diferença entre essas colunas, da seguinte forma:

  • Selecionaremos a coluna de Fim
  • Seguraremos a tecla Ctrl
  • Selecionaremos a coluna de Início (necessariamente nessa ordem)
  • Iremos na guia Adicionar Coluna
  • Optaremos por Hora
  • Subtrair
  • Além disso renomearemos a coluna criada para “Horas”, dando duplo clique no cabeçalho
  • Mudaremos também o formato do dado que temos: as horas estão dadas em formatos de dia-hora-minuto-segundo (exemplo: 0.00:30:00, trinta minutos); queremos mudá-la para formato numérico em horas (por exemplo: 0,5, ou seja, metade de hora) indo na guia Transformar > Duração > Total de Horas.

Ao final desse procedimento teremos a nossa coluna só com número de horas, sabendo quantas horas cada operação durou e podendo somá-las vendo um resultado com melhor entendimento.

b) Separar data e hora nas colunas Início e Fim

Para fazer algumas operações envolvendo data ou hora, precisamos ter essas informações separadas, e nas colunas de Início e Fim inicialmente elas estão juntas (em cada coluna).

Para separá-las, em cada coluna, vamos:

  • Clicar na coluna (individualmente)
  • Ir na guia Transformar
  • Dividir Coluna
  • Por Delimitador
  • Optar pelo delimitador “Espaço”
  • Dar OK
  • Renomearemos a 1ª coluna gerada (Data Início e Data Fim, respectivamente)
  • Renomearemos a 2ª coluna gerada (Hora Início e Hora Fim, respectivamente)

A seguir exibimos os resultados desses passos, nas primeiras 10 linhas da nossa consulta BaseProdução:

Como tratar dados no Power Query
Como tratar dados no Power Query

c) Mesclar consultas para obter Número da Ordem

Queremos trazer a informação Número do Produto para a consulta de BaseProdução, porque apenas com Número de Ordem não dá para saber qual é o produto em questão a ser produzido.

Para isso, precisamos:

  • Clicar na tabela BaseProdução (destino das colunas/informações a serem trazidas)
  • Guia Página Inicial > Combinar > Mesclar Consultas > Mesclar Consultas (porque queremos manter essa nossa tabela e apenas adicionar as colunas de interesse, e não queremos criar uma nova consulta, que seria a outra opção)
  • Selecionar as colunas em comum entre as tabelas
  • Clicar em OK
3

Após isso, será criada uma coluna auxiliar escrito “Table”, que basicamente é dizer que a tabela “origem” de informações foi trazida com sucesso.

Para trazer apenas a coluna que contém os códigos de produto, vamos clicar no ícone à direita do nome do cabeçalho da coluna criada (BaseOrdens), e deixar selecionado apenas “Código Produto”. Dando OK, você terá o resultado abaixo:

Dashboard de Produção no Power BI

d) Desabilitar carga da consulta de BaseOrdens

A consulta BaseOrdens não nos oferece nada mais do que as informações referentes às ordens de produção.

Para não ter que carregar sempre as informações ou atualizar a tabela BaseOrdens vindo do nosso arquivo Excel, precisamos:

  • Clicar com botão direito na consulta BaseOrdens
  • Clicar em Habilitar Carga (que estava marcada)
  • Clicar em Continuar
  • Clicar novamente no botão direito para ver se a opção Habilitar Carga ficou desmarcada


OBS:
Essa consulta continua sendo atualizada normalmente com a atualização do arquivo em Excel fonte de informações, mas não será carregada para aparecer no Power BI (relatório).

e) Relacionamentos

Vamos excluir todos os relacionamentos criados automaticamente pelo Power BI, por boas práticas, e recriá-los de forma ótima.

Para excluí-los iremos:

  • Clicar na guia Relacionamentos
  • Gerenciar Relações
  • Selecionaremos todas as linhas de relações que aparecem, clicando em cada linha e segurando a tecla Ctrl
  • Com todas as linhas selecionadas (marcadas em cinza), clicar em Excluir > Excluir
    5

Precisaremos agora identificar as tabelas fato e tabelas características para criar os relacionamentos da melhor forma.

Para entender melhor o que são as tabelas fato e características, indicamos outra postagem aqui do blog que detalha essa questão.

OBS: Vamos aqui identificar as colunas que tem as informações da mesma natureza e que são “iguais”. Não necessariamente as colunas precisam ter o mesmo nome exato, apenas as informações correspondentes.

Vamos então criar os relacionamentos da seguinte forma, clicando, arrastando e soltando as colunas correspondentes:

Dashboard de Produção no Power BI


f) Criar colunas de interesse

Queremos ter, na BaseProdução, a coluna que nos vai dizer quantas peças foram produzidas em cada etapa de produção (pois cada número de ordem vai atuar em uma quantidade de horas).

Com os relacionamentos feitos, para trazer uma coluna de outra tabela/consulta para a que queremos, basta utilizar a função RELATED no Power BI.

– Coluna de Peças Hora

  • Estar na segunda guia do Power BI, a de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Pecas Hora =
RELATED(CadastroProdutos[Peças Hora])

Assim, uma coluna contendo números com casas decimais será criada, representando a quantidade de Peças Hora seriam feitas naquela etapa de produção.

Coluna de Peças Teóricas

  • Estar na segunda guia do Power BI, a de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Pecas Teoricas = IF('BaseProdução'[Ocorrencia]=BLANK(),
'BaseProdução'[Total Horas]*'BaseProdução'[Pecas Hora], BLANK()
)

Explicação da fórmula: se não tivermos alguma ocorrência (sem valor na coluna de ocorrências), vamos fazer a multiplicação entre o total de horas e a quantidade de peças hora produzidas. Se tivermos alguma ocorrência, ou seja, algum incidente que não permite produzir as peças, o nosso valor de peças retornado será igual 0.

Agora teremos uma coluna que representa as peças teóricas que poderiam ser produzidas, se a quantidade normal (média considerada) de peças hora fossem produzidas.


g) Medidas do Relatório

Antes de começar a criar as medidas do relatório de fato, precisamos criar uma consulta para armazenar todas essas medidas, por questão/opção de organização.

Vamos, então:

  • Na guia Página Inicial
  • Clicar em Inserir Dados
  • Nomear a tabela como Medidas
  • Dar OK

Teremos, então, uma tabela “vazia” (de fato há uma coluna com uma linha, sem informação, que poderemos excluir depois ou não).

Podemos, a partir de agora, criar as medidas dentro dessa tabela/consulta. Para criá-las, vamos:

  • Na guia Página Inicial
  • Nova Medida
  • Assim que a barra de fórmulas se abrir, colocar o nome da medida, seguido de um sinal de igual (=), e a operação/fórmula desejada

As fórmulas criadas (na ordem da aula) serão:

Qtd Produzida = SUM('BaseProdução'[QtdProduzida])

Qtd Teorica = SUM('BaseProdução'[Pecas Teoricas])

Qtd Rejeitada = SUM('BaseProdução'[Qtd Rejeitada])

Total Horas = SUM('BaseProdução'[Total Horas])

Horas Produtivas = CALCULATE([Total Horas], 'BaseProdução'[Ocorrencia]=BLANK())

Horas Paradas = CALCULATE([Total Horas], 'BaseProdução'[Ocorrencia]<>BLANK()) ou [Total de Horas] – [Horas Produtivas]

Disponibilidade = DIVIDE([Horas Produtivas], [Horas Produtivas] + [Horas Paradas], BLANK())

Produtividade = DIVIDE([Qtd Produzida], [Qtd Teorica])

Qualidade = DIVIDE([Qtd Produzida], [Qtd Produzida] + [Qtd Rejeitada])

OEE = [Disponibilidade] * [Produtividade] * [Qualidade]

OBS: Para fazer um cálculo baseado numa condição nós usamos a fórmula CALCULATE no Power BI. Para mais detalhes sobre essa fórmula, indicamos essa outra aula aqui.

OBS2: Vamos formatar os indicadores Disponibilidade, Produtividade, Qualidade e OEE (Overall Equipment Effectiveness) como percentuais.

h) Inserir plano de fundo no relatório

Vamos inserir o arquivo de formato PNG disponibilizado para download da seguinte forma:

  • Na aba do relatório desejado, na guia de visualizações (direita do aplicativo) clicar no pincel
  • Optar pela propriedade “Segundo plano da página”
  • Adicionar Imagem
  • Procurar pelo arquivo PNG “Plano de Fundo” disponibilizado
  • Abrir
  • Colocar a transparência no 0%
  • Ajuste da imagem em “Ajuste”
    7

Para mais detalhes de como fazer isso, separamos uma aula aqui do Blog que ensina como inserir plano de fundo no Power BI, em passo a passo.

i) Cards do relatório

– Cartões de linha múltipla

Os cards que vão representar nossos indicadores vão ser cartões de linha múltipla. Vamos formatar apenas 1 da seguinte forma e copiar esse pronto para os outros casos. Acompanhe os passos de personalização da visualização:

  • Inserir o 5º ícone da 4ª fileira de visualizações
    8
  • Arrastar a medida criada para os campos do cartão (Qtd Produzida, no exemplo mostrado abaixo)
  • Desativar a Tela de Fundo
  • Aumentar o tamanho do texto (rótulo de dados) para 16
  • Colocar a cor do texto em azul escuro (combinando com o fundo da imagem)
  • Colocar a fonte de subtítulo (família de fontes) para Segoe UI Semibold, em rótulos de categoria, e a do número (em rótulo de dados)
  • Colocar a cor do texto para azul escuro, em rótulos de categoria
  • Em cartão, vamos desativar o “mostrar barra”

Vamos também colocar um separador de milhar na medida: clicando na medida, indo na guia Ferramentas de medida e posteriormente clicar no símbolo da vírgula (,), na parte e Formatação.

Ao final da personalização, nosso cartão de linha múltipla ficará da seguinte forma:

Dashboard de Produção no Power BI

– Velocímetros

Para representar os indicadores de Disponibilidade, Produtividade, Qualidade e OEE, que são percentuais, vamos utilizar de gráficos de velocímetro.

  • Inserir o 3º ícone da 4ª fileira de visualizações
    10
  • Arrastar cada medida criada para os campos de Valor de cada velocímetro
  • Vamos escolher 4 cores de uma mesma paleta no site Color-Hex ou do ColorSpace
  • Ir no pincel de cada velocímetro criado
  • Propriedade Cores dos dados > Preencher > Mais cores > Colocar uma cor escolhida no site, variando a cada velocímetro (ou seja, 4 cores diferentes)

– Gráfico de Área

Queremos também ver o comportamento do indicador OEE (que mede a eficiência global dos equipamentos) durante os meses do ano. Para isso precisaremos de um gráfico de área, por exemplo.

Para criá-lo, vamos:

  • Inserir o 2º ícone da 2ª fileira de visualizações
    11
  • Arrastar a medida de OEE para o campo de Valores
  • Arrastar a coluna de Data Início para o campo de Eixos (deixar apenas o mês)
  • Vamos escolher uma cor de uma mesma paleta das cores do relatório no site Color-Hex ou do ColorSpace
  • Ir no pincel de cada velocímetro criado
  • Propriedade Cores dos dados > OEE > Preencher > Mais cores > Colocar uma cor escolhida no site
  • Desativar o Eixo Y
  • Aumentar o tamanho da fonte do Eixo X
  • Ativar o rótulo de dados
  • Aumentar o tamanho da fonte do rótulo de dados
  • Ativar a formatação de nível do gráfico de área indo em sua propriedade Formas > Ativar Nível

Teremos, ao final desses visuais criados, a seguinte cara:

Dashboard de Produção no Power BI
Dashboard no Power BI

Para mais detalhes sobre gráficos no Power BI ou quais tipos de gráficos escolher em determinadas situações, recomendamos outra aula em que detalhamos esses temas.

Conclusão do Dashboard de Produção no Power BI

Nessa aula você aprendeu muitas coisas legais! Em uma aula você aprendeu de forma completa como inserir, tratar e criar um dashboard de produção.

Resumidamente você aprendeu como fazer a interpretação, tratamento e exposição de dados de uma empresa de produção, gerando um dashboard de produção maneiríssimo!

Muitas coisas estão envolvidas nessa aula, como:

  • Inserir dados no Power BI
  • Tratamento de dados no Power Query
  • Relacionamentos no Power BI
  • Inserir plano de fundo no Power BI
  • Mesclar consultas
  • Fórmula RELATED
  • Fórmula CALCULATE
  • Criar medidas no Power BI
  • Criar coluna no Power BI
  • Gráfico Velocímetro
  • Gráfico de Área em Nível
  • Cartão de linha múltipla
  • Indicadores de produção
  • Como criar dashboard de produção no Power BI

Até o próximo post, pessoal! Fique ligado no nosso canal do Youtube para novos conteúdos de Power BI toda semana! Tem de Excel e VBA também! Um abraço!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso básico gratuito?