Blog

Postado em em 14 de outubro de 2021

Curso Básico de Dashboard em Excel – Aprenda em 4 Aulas

Com esse Curso Básico de Dashboard você vai aprender a transformar seus relatórios sem graça em Dashboards incríveis para arrancar elogios!

Esse é um curso com 4 aulas onde eu vou te mostrar o passo a passo para sair daquela tabela sem graça para um Dashboard incrível!

Você vai notar que o processo não é difícil, até porque vamos utilizar ferramentas que você já conhece. Só que é um processo um pouco trabalhoso, porque você vai ter que criar o layout!

Lista das aulas:

Aula 1 – Tabelas Dinâmicas

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo (que é nossa Live Excel) ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Curso Básico de Dashboard no Excel

Nos vamos iniciar hoje um curso básico de dashboard para que você que ainda não sabe nada de Excel saiba como criar dashboard Excel do zero!

Um dashboard é um relatório mais visual onde você vai poder apresentar todas as suas informações resumidas com gráficos, tabelas, imagens…

Isso tudo para deixar sua apresentação mais profissional e tirar um pouco do aspecto de Excel, então você vai conseguir criar o seu próprio dashboard!

Como Criar Dashboard no Excel

O nosso objetivo é fazer a criação de um dashboard completo para que você possa ter uma análise profissional dos seus dados.

Então vamos transformar sua base de dados (tabela com informações) em um dashboard com gráficos, filtros e informações úteis de forma resumida e prática para o usuário final.

Dashboard que será criado
Dashboard que será criado

Esse é o dashboard que nós vamos construir. Como você pode notar é muito mais fácil fazer uma análise dos produtos, desempenho e pagamento em um formato gráfico.

Isso porque é muito mais visual e intuitivo, agora imagine você tendo que fazer todas essas análises apenas olhando aquela tabela repleta de informações, não seria muito viável não é mesmo?

O nosso primeiro passo vai ser transformar como tabela a nossa base de dados, que é onde temos todas as informações.

Base de dados
Base de dados

Isso vai ser necessário para que possamos partir para o segundo passo que é a criação da tabela dinâmica.

Tabelas dinâmicas
Tabelas dinâmicas

Aqui nós vamos criar 5 tabelas dinâmicas, 3 serão para os produtos A, B e C (separadamente). A quarta tabela vai ser referente ao total por mês de todos os produtos.

E a última tabela dinâmica é referente aos pagamentos em boleto, dinheiro e cartão. Cada uma dessas tabelas vai trazer um resumo das informações que nós temos na base de dados.

OBS: A tabela dinâmica serve para que você consiga criar um resumo gerencial no Excel de forma fácil e rápida para poder analisar seus dados sem que tenha que utilizar funções dentro do Excel. E por ser dinâmica você pode alterar facilmente o tipo de análise quando precisar!

Assim conseguimos ter uma visualização mais fácil dos produtos, do total desses produtos e dos pagamentos deles.

Essas são informações que vamos utilizar para colocar no nosso dashboard nas próximas aulas!

Voltar ao Índice

Aula 2 – Segmentação de Dados

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo (que é nossa Live Excel) ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Na última aula nós fizemos a criação das tabelas dinâmicas e agora nós vamos utilizar um recurso delas que é a segmentação de dados no Excel.

Nós vamos utilizar a segmentação de dados para obter um filtro personalizado em relação das datas.

Segmentação de dados
Segmentação de dados

Você vai notar em alguns casos que podem aparecer informações que são irrelevantes ou informações “lixo” que você não vai utilizar.

Só que para removê-las da visualização você tem que clicar com o botão direito do mouse na segmentação de dados e clicar na opção configurações da segmentação de dados.

Lá você pode marcar a caixa ocultar itens sem dados, assim esses itens “lixo” não vão mais aparecer e vamos ter a segmentação organizada.

IMPORTANTE: Quando nós criamos uma segmentação de dados ela inicialmente está vinculada apenas a tabela dinâmica que foi criada. Então assim que mudar a seleção somente uma das tabelas será alterada.

O próximo passo que nós vamos fazer é configurar a segmentação de dados em várias tabelas, para que uma única segmentação faça o filtro em todas as tabelas.

O procedimento é bem simples, nós vamos selecionar a segmentação de dados, vamos até a guia Segmentação de vamos selecionar a opção conexões de relatório no Excel.

Conexão de relatórios no Excel
Conexão de relatórios no Excel

Feito isso uma janela será aberta para que possamos selecionar quais as tabelas que essa segmentação será vinculada.

Dentro dessa janela nós vamos marcar todas as tabelas, assim sempre que fizermos uma seleção de filtro na segmentação de dados todas as tabelas serão alteradas ao mesmo tempo.

Segmentação de dados filtrando todas as tabelas
Segmentação de dados filtrando todas as tabelas

Agora para finalizar essa aula nós vamos copiar essa segmentação de dados e vamos colar em uma nova planilha, que será a planilha onde nós vamos criar o dashboard!

Voltar ao Índice

Aula 3 – Layout do Dashboard

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo (que é nossa Live Excel) ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Nessa aula nós vamos começar a construir o layout de dashboard no Excel, isso vai ser importante para que você tenha um visual mais profissional no seu dashboard.

Nesse link que deixei você já vai ver a parte inicial de como criar uma forma retangular para delimitar a área correta de onde vamos criar o nosso dashboard.

Então precisa criar o retângulo e depois ajustá-lo após remover linhas de grade, títulos e barra de fórmulas na guia Exibir.

E por fim ocultar a barra de ferramentas de acesso rápido, assim você vai ter a visualização de tela cheia do seu Excel sem ter aquela “cara de Excel”.

Dessa forma você já está com o tamanho adequado do seu dashboard para que ele seja apresentado na tela inteira.

Agora você pode voltar as configurações e diminuir o zoom de 100% para aproximadamente 70%, assim vai conseguir trabalhar na construção do dashboard tranquilamente.

Ainda nesse link que eu coloquei acima, você vai notar que já tem um modelo de criação das “caixas” para separar as informações, mas você vai decidir o que for melhor para você.

Vale lembrar que não tem um dashboard correto, você vai poder fazer suas modificações para que fique adequado para a sua necessidade.

Nesse caso nós vamos manter o dashboard que mostramos na primeira aula. Então vamos utilizar o retângulo de cantos arredondados na parte de Formas dentro da guia Inserir.

Formas no dashboard para inserir os gráficos
Formas no dashboard para inserir os gráficos

Aqui você vai ajustar da maneira mais adequada para inserir os seus dados, lembrando que ao selecionar uma ou mais formas você pode ir até a guia Formato de Forma.

Dentro dessa guia você vai poder utilizar as ferramentas da parte de Organizar para poder alinhar as formas, pois é muito difícil fazer isso de forma manual.

Opções para alinhamento e organização das formas
Opções para alinhamento e organização das formas

Essa opção de avançar ou recuar vai ser muito útil para trazer seu layout para trás ou para que você possa trazer a nossa segmentação de dados para frente, para que ela fique visível.

Novamente, vale ressaltar que você vai escolher quantas formas vai colocar, o tamanho e cor de cada uma delas, pois vai depender das informações que vai inserir no seu dashboard.

Dentro da guia de Formato de Forma você vai poder alterar tanto a cor dessas formas quanto vai poder inserir efeitos para deixar o seu dashboard ainda melhor.

Então você pode colocar sombra que é o que vamos utilizar, mas pode testar outros efeitos para saber quais opções você tem!

Para inserir um título geral para o dashboard ou até mesmo para cada um dos gráficos, podemos voltar a guia Inserir e selecionar a opção Caixa de Texto.

E claro, você pode formatar o texto da forma que ficar mais adequado alterando as cores para facilitar a visualização das informações.

Layout do dashboard completo com formas e textos
Layout do dashboard completo com formas e textos

A logo você pode pegar a imagem da sua empresa ou até mesmo uma imagem que esteja se referindo ao que vai tratar no seu dashboard.

Então aqui temos as formas onde vamos inserir os gráficos, o título de cada um deles para facilitar o entendimento.

Temos um total em cada uma das caixas para inserirmos o total de cada análise que será feita.

E na parte superior temos a segmentação de dados, onde você pode fazer alterações no formato dela caso queira ou precise. E incluímos uma última forma com um texto.

Essa forma vai funcionar como um botão para levar o usuário a base de dados que foi utilizada para a construção do dashboard.

Na próxima aula nós vamos finalizar o nosso dashboard inserindo todas as informações necessárias.

Voltar ao Índice

Aula 4 – Gráficos e Referências

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo (que é nossa Live Excel) ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Curso Básico de Dashboard no Excel

Essa é a nossa última aula do nosso curso básico de dashboard no Excel e hoje vamos finalizar a construção do nosso dashboard inserindo os gráficos e as informações.

Como nos já temos o layout completo do nosso dashboard nós vamos apenas finalizar com essas informações.

Lembrando que você pode fazer suas modificações para atender suas necessidades, sejam de cores, layout, gráficos, informações, tabelas… Tudo o que precisar!

Dashboard Excel

Nós vamos começar utilizando o hiperlink no Excel na forma que temos o botão com o texto “Clique aqui para ver a Base de Dados”.

Para fazer isso basta clicar com o botão direito do mouse nessa forma e clicar na opção link.

Inserindo hiperlink em uma forma do Excel
Inserindo hiperlink em uma forma do Excel

Quando fizer isso o Excel vai abrir uma nova guia para que você possa indicar qual o vínculo do hiperlink e para onde ele vai.

Nesse caso nós vamos selecionar a opção Colocar neste documento e vamos selecionar para qual planilha o usuário será levado, neste caso será a planilha Base.

Já dentro da planilha base você pode fazer o mesmo procedimento, criando uma forma e um hiperlink para trazer o usuário de volta ao Dashboard.

Lembrando que o hiperlink vai auxiliar na movimentação entre planilhas no Excel ou para abrir um arquivo ou até mesmo um site da web.

Para o próximo passo nós vamos inserir os valores de totais para que eles se atualizem de forma automática.

E como vamos fazer isso? É simples, nós vamos utilizar formas novamente, mas agora, nós vamos dentro da barra de fórmula e vamos igualar a célula que tem a informação desejada.

Criando um texto dinâmico no Excel
Criando um texto dinâmico no Excel

Nesse caso nós estamos pegando o valor da célula B16 da planilha Analises_Pratica. Isso quer dizer que estamos pegando o valor total do Produto A.

E como essa tabela que tem o produto A está vinculada a nossa segmentação de dados, quando você alterar a seleção do ano esse valor de ano será atualizado automaticamente.

Pois como estamos pegando o valor da célula de total, sempre que alterarmos os anos vamos continuar pegando o total do produto A do ano selecionado.

Feito isso você pode formatar (alterar a cor da fonte, cor do fundo, tamanho da fonte, tamanho da forma…) para deixar adequado dentro do seu dashboard.

Isso você pode considerar como um texto dinâmico no Excel, pois ele vai ser alterado sempre que alterar seus dados.

Total automático
Total automático

Aqui por exemplo deixamos esse total com um tamanho maior do que vem inicialmente para combinar com o que já temos.

Agora você vai poder repetir o mesmo procedimento, pode até copiar e colar a forma que já tem e só alterar a célula que tem o valor desejado.

Assim vamos ter o total para o produto B, produto C, desempenho global e pagamento.

Agora vamos a criação dos gráficos no Excel, aqui nós vamos ver o gráfico de linha no Excel, gráfico de área no Excel e por fim o gráfico de barras no Excel.

Aqui você tem duas opções para o primeiro gráfico, a primeira delas é selecionar os dados do produto A e já criar o gráfico com as informações e depois fazer as alterações necessárias.

Ou você pode criar o gráfico em branco, sem selecionar nenhum dado direto na planilha de Dashboard e configurar a partir do zero!

Aqui nós vamos criar um gráfico em branco para te mostrar essas configurações.

Depois de criar o gráfico sem nada, você vai clicar nele com o botão direito e selecionar a opção Selecionar Dados.

Opção de seleção de dados
Opção de seleção de dados

Quando fizer isso você vai ver a seguinte janela, aqui vai poder fazer a configuração dos dados do gráfico.

Em seguida vamos clicar em Adicionar para poder inserir o nome da série e os valores dessa série.

Editando a série de dados
Editando a série de dados

Vamos então selecionar a célula B1 que é onde temos o filtro da tabela dinâmica com o produto desejado e vamos selecionar as células de B4 até B15 que é onde temos todos os preços do produto A.

Ao voltar para a janela inicial você já vai notar que o seu gráfico está pronto, mas no eixo horizontal você vai ter os números de 1 a 12 ao invés dos meses.

Então você vai clicar em Editar na parte de Rótulos do Eixo Horizontal para selecionar as informações que serão inseridas nesse eixo.

Dados configurados para a criação do gráfico
Dados configurados para a criação do gráfico

Feito isso o gráfico já está pronto com o título e as informações corretas.

Curso Básico de Dashboard Aula4
Gráfico inicial

Agora basta você fazer a formatação que quiser no seu gráfico para se adequar ao layout que foi criado.

Para isso você pode formatar os eixos, alterar a fonte, trocar a cor da fonte, alterar a cor do gráfico e até remover a cor de fundo do gráfico.

Curso Básico de Dashboard Aula4
Gráfico formatado

É isso que temos após a formatação do gráfico, então aqui você adequar o visual do seu gráfico ao visual do layout que foi criado.

Aqui você também vai ter a liberdade de fazer as alterações que quiser, então pode trocar o tipo de gráfico, as cores, fontes… Tudo o que precisar para combinar com o seu layout e dar ao usuário uma melhor visualização.

Feito isso você vai poder reproduzir o mesmo procedimento para todos os outros gráficos. Só lembrando que para o desempenho global nós vamos utilizar o gráfico de área.

E para o pagamento nós vamos utilizar o gráfico de colunas, depois disso pode utilizar a sua criatividade para alterar as cores dos gráficos, o tipo, estilo…

Curso Básico de Dashboard Aula4
Dashboard com os gráficos formatados

Se achar que as cores não estão boas você pode sempre ir testando novas cores, pode escolher gradientes para colocar no seu gráfico, testar outros tipos de gráficos.

Pois nem sempre um gráfico vai ser bom para representar todos os tipos de dados, então dentro do Excel nós temos uma diversidade de gráficos que você pode testar para verificar qual fica melhor para representar os seus dados.

Voltar ao Índice

Conclusão – Curso Básico de Dashboard

Esse foi um Curso Básico de Dashboard para te ensinar quais são os passos que você precisa para sair de uma tabela simples para um Dashboard que impressiona.

Você deve ter notado que não tem nada complexo, só que temos alguns passos até chegar no Dashboard completo. Vamos precisar de tabelas dinâmicas, segmentação de dados, gráficos e referências de algumas informações importantes.

Lembrando que você não precisa apresentar as tabelas dinâmicas, sua base de dados ou qualquer outro cálculo que utilize para criar seu Dashboard.

A ideia do Dashboard é que ele por si só, consiga representar tudo o que você precisa. Então com esse visual você vai poder apresentar suas análises de forma limpa, organizada e muito profissional.

Hashtag Free Excel Básico

Apostila Básica de Excel

Essa é uma apostila básica de Excel para que você saia do zero de forma 100% gratuita!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Excel Básico, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Excel com um minicurso básico gratuito?

Quer sair do zero em Power BI e impressionar no mercado de trabalho? Se inscreva agora no Power BI Impressionador!