Blog

Postado em em 22 de janeiro de 2023

Como Escolher Gráficos no Power BI?

Você sabe escolher o gráfico certo para cada tipo de apresentação? Nesta aula vou te mostrar como escolher gráficos no Power BI!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber por e-mail o(s) arquivo(s) utilizados na aula, preencha:

Fala Impressionadores! Na aula de hoje eu quero te mostrar como escolher gráficos no Power BI.

Vou te mostrar vários casos para que você saiba qual o melhor gráfico para cada situação!

Nessa aula nós vamos abordar:

  • Gráfico de ranking e gráfico de colunas
  • Análise temporal (Gráficos temporais)
  • Gráfico de coluna, Gráfico de linha e Gráfico de área
  • Análise temporal comparativa (Gráfico de colunas empilhadas e Gráfico de colunas clusterizado)
  • Gráfico de funil
  • Gráfico de pizza e Gráfico de rosca
  • Gráfico de velocímetro (Gráfico de indicador)
  • Análise por etapas, Gráfico de mapa com bolhas Mapa coroplético (mapa com cores)

Depois disso tenho certeza de que você vai conseguir melhorar suas apresentações sabendo qual o melhor gráfico para cada análise!

Gráfico de barra – ranking

Gráfico de barra
Gráfico de barra

Este tipo de gráfico serve para quando queremos comparar um número segmentado por categorias, exemplo:

Qual o total de peças produzidas por produto?

Qual o total de vendas por vendedor?

Por que usar o gráfico de barras ao invés do gráfico de coluna?

Comparando gráficos
Comparando gráficos

Para explicar o porquê o gráfico de barras na vertical é melhor do que o de colunas na horizontal vamos citar alguns conceitos do livro Storytelling com dados da autora Cole Nussbaumer Knaflic.

Conforme a autora, nós, do ocidente, temos tendência de fazer a leitura em Z, ou seja, começando do canto superior esquerdo -> indo para a direita -> e descendo em direção a esquerda novamente.

Leitura em Z:

Leitura em Z
Leitura em Z

Por este motivo no gráfico de barras nós tendemos a olhar primeiro o nome da marca para depois olhar o valor, já no gráfico de colunas olhamos primeiro a barra com o valor para depois olhar a marca.

Sabendo disso podemos supor a ordem em que cada pessoa vai ler a informação. Neste exemplo a leitura fica mais fácil e conveniente usando o gráfico de barra, assim quem observe vê primeiro as marcas analisadas e só depois os resultados delas.

Gráficos temporais:

Análise temporal Gráfico de coluna

Como Escolher Gráficos no Power BI
Linha do tempo

Para fazer a análise temporal recomendados usar gráfico de linha, gráfico de coluna ou de área.

Precisamos que o gráfico imprima essa noção de continuidade, basicamente serão gráficos que vão dispor as informações na horizontal.

Este é o gráfico temporal mais comum, ele presume tendência e você consegue ver claramente e evolução ou queda ao longo dos anos, mas, além desse, temos mais dois tipos de gráficos temporais:

Gráfico temporal comparativo (Gráfico de colunas agrupadas ou clusterizadas):

Como Escolher Gráficos no Power BI
temporal comparativo

Usamos este modelo quando queremos fazer uma análise temporal com mais de uma informação.

Neste exemplo temos o total original -> o valor que custa cada produto e o valor negociado (pago) -> o valor que conseguimos obter com desconto.

Desta forma não só comparamos os valores ao longo do tempo, também conseguimos comparar o valor após a negociação de forma mais visual.

Gráfico temporal de colunas empilhadas:

Como Escolher Gráficos no Power BI
Colunas empilhadas

Quando quisermos separar a nossa análise por categoria o melhor é usar o gráfico de coluna empilhada, neste exemplo dentro do total de vendas mensais, temos dois tipos de vendas online e físicas.

Para fazer este gráfico vamos colocar o tempo no eixo x e no eixo y o faturamento.

O faturamento deve ser dividido entre online e físico, para isso precisamos ter uma coluna com o tipo da venda para colocar na parte de legenda do gráfico.

Gráfico de funil – Etapas:

Etapas
Etapas

A ideia aqui é representar as etapas de um fluxo programado ou em andamento.

O bom deste gráfico é que, à medida que vai afunilando, você consegue saber a porcentagem em relação à primeira etapa (que equivale a 100%) passando o mouse sobre as demais etapas.

Neste caso estamos fazendo uma prospecção com possíveis clientes -> na próxima faze alguns entraram em negociação -> na terceira fase podemos ver que os clientes que estão aguardando a nota fiscal representam 56,74% em relação à primeira faze e 68,8% em relação à segunda.

Porcentagem
Porcentagem

% Do Total:

Como Escolher Gráficos no Power BI
Pizza ou rosca

Podemos usar o gráfico de pizza ou o gráfico de rosca para mostrar um percentual em relação a um total.

Outro ponto importante é que este tipo de gráfico deve ser usado com poucas informações, 2 ou 5 no máximo, do contrário fica difícil de visualizar as informações e isso é justamente o oposto do que queremos.

O olho humano tem dificuldade em distinguir tamanhos e imagens 2D, por este motivo, um gráfico de pizza com muitas informações dificulta comparar os tamanhos das fatias e a associar as informações as legendas, que ficam separadas do gráfico. Observe o exemplo:

Como Escolher Gráficos no Power BI
Excesso de informação

Apresentando uma única informação percentual:

Exibindo uma única informação
Exibindo uma única informação

O gráfico de preenchimento acima mostra a margem de lucro da empresa, esta opção é ótima para quando queremos mostrar um valor alcançado e compará-lo a uma meta.

Outro exemplo similar é o gráfico de velocímetro:

Velocímetro
Velocímetro

Neste gráfico podemos inclusive acrescentar uma meta:

Vá em Visual -> Eixo do medidor -> Coloque em destino, uma meta:

Meta
Meta

Você também pode modificar a cor do traço da meta, desta forma quando passar da meta, ainda será possível enxergar a marcação:

Como Escolher Gráficos no Power BI
Formatação – cor

Análise de localidade – gráfico de Mapa com bolhas:

Como Escolher Gráficos no Power BI
Mapa com bolhas

Neste gráfico estamos analisando o faturamento de acordo com cada continente, as bolhas são proporcionais ao faturamento de cada local que esta sendo apontado no gráfico de mapa, facilitando muito o entendimento.

Se ao invés das bolhas você preferir demonstrar por cor, também é possível usando o mapa coroplético, seu ícone fica bem ao lado do globo do mapa anterior, de bolhas, nele as cores que vão indicar o local com maior valor.

Como Escolher Gráficos no Power BI
Demonstração por cor

Este gráfico não é como o gráfico de calor do Excel, onde as cores ficam mais vivas a medida que o valor aumenta, neste caso temos que definir as cores:

Vá em visualizações -> cores, defina as cores e seus significados no mapa.

Definindo cores
Definindo cores

Espero que os exemplos dessa aula tenham deixado mais claro como e porque escolher cada gráfico!

Se você quer saber mais sobre gráficos no Power BI vou deixar aulas excelentes para seu aprendizado aqui!

Conclusão – Como Escolher Gráficos no Power BI

Vocês conheciam todas essas opções e seus usos?

Nesta aula trouxemos dicas para que você saiba qual gráfico deve usar dependendo de cada situação.

Não apenas isso, alguns gráficos mostrados nesta aula são pouco explorados em suas formatações e usos.

Nesta aula você encontra muitos exemplos para diversificar, impressionar e o mais importante, ser assertivo e claro nas suas apresentações!

Eu fico por aqui! Espero que aproveitem as dicas! Um abraço,

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso básico gratuito?

Quer sair do zero em Excel e virar uma referência na sua empresa? Matricule-se agora mesmo no Excel Impressionador!