Blog

Postado em em 29 de setembro de 2022

Todos os Gráficos do Excel – Como Usar Cada um Deles

Nessa aula de todos os gráficos do Excel eu vou te mostrar diversos gráficos e como usar cada um deles da forma correta!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Todos os Gráficos do Excel

Nessa aula eu vou te mostrar quando usar cada gráfico do Excel, pois muitas das vezes acabamos utilizando um gráfico de forma errada para mostrar algumas informações.

Não é apenas porque um gráfico é mais bonito ou parece mais visual que vamos sempre utilizá-lo, temos gráficos específicos para cada tipo de informação e hoje eu vou te mostrar isso!

Utilização dos Gráficos no Excel

Nessa aula vamos ver os seguintes gráficos:

A ideia da aula não vai ser a construção, formatação e ajuste dos gráficos, a ideia aqui é te mostrar os gráficos e quando você dele utilizar cada um deles para que consiga tirar o melhor proveito disso!

Gráfico de Linha e Área

A utilização desses gráficos é quando temos uma evolução ao longo do tempo, ou seja, quando temos datas ou períodos para acompanhar.

Gráfico de linhas e área
Gráfico de linhas e área

Fica bem visível para visualizar os dados e até mesmo fazer uma comparação com outros períodos de uma forma muito fácil.

O gráfico de área é basicamente o gráfico de linha, só que preenchido, o que em alguns casos facilita a visualização, pois vamos ter um sobrepondo o outro.

Além disso o gráfico de linha é um dos gráficos mais utilizados, até porque boa parte das análises são ao longo do tempo.

Gráfico de Colunas e Barras

Esse é o tipo de gráfico que já não tem a ideia de continuidade, então podemos utilizá-lo para comparar valores.

Gráfico de colunas
Gráfico de colunas

Algumas pessoas acabam representando esse tipo de informação também com o gráfico de linha, só que o gráfico de linha dá uma ideia de continuidade, ou seja, é como se os valores seguissem uma sequência.

Então em janeiro tivemos um valor x e em fevereiro esse valor aumentou/abaixo para y, então temos que esse valor está mudando, então é uma mesma variável.

Já no gráfico de colunas/barras nós temos informações distintas, então ao colocar um gráfico de linha eu estaria falando que tivemos quase 8 mil vendas e depois temos pouco mais de 5mil.

Só que isso não é a venda da empresa, mas de vendedores distintos, então o mesmo vendedor não teve esse crescimento/decrescimento.

Temos métricas individuais, agora para analisar cada um deles poderíamos sim utilizar um gráfico de linha para cada um dos vendedores.

Então o tipo de gráfico vai influenciar nas análises, pois alguém pode ver um gráfico de linha nesse caso e pensar que é apenas o resultado de um único vendedor durante um período.

Já no gráfico de barra, que é basicamente o gráfico com colunas deitadas, nós geralmente utilizamos para fazer um ranking (iguais aqueles que vemos no jornal).

Mapa de Árvore e Explosão Solar

Aqui vamos poder criar um ranking com dados hierárquicos, então com esse gráfico de Mapa de Árvore (disponível a partir da versão 2016) vamos poder fazer esse tipo de análise hierárquica.

Todos os Gráficos do Excel
Mapa de árvore

Aqui temos a divisão em cores e blocos, onde quanto mais para esquerda e mais para cima maior são os valores.

Então aqui a nossa despesa com carro é a maior, por isso temos em azul tudo relacionado a carro.

E dentro desse azul temos os blocos que representam a descrição dentro de cada categoria!

Esse já é um gráfico que não vemos muito em relatórios e já pode ser um diferencial na hora de montar os seus próximos relatórios da empresa, por exemplo.

Agora se quisermos trabalhar com dados hierárquicos, mas sem a questão do ranking, podemos utilizar o gráfico de Explosão Solar (também disponível a partir da versão 2016).

Todos os Gráficos do Excel
Explosão solar

Aqui temos quase um gráfico de pizza, só que aqui temos a divisão por categorias, então no círculo inferior nós temos as categorias, e na parte externa temos a descrição de cada um deles.

Também é um gráfico que muito dificilmente é visto em relatórios e pode ser interessante para mostrar essa divisão, até porque o tamanho de cada fatia vai representar um valor maior ou menor dentro de cada categoria.

Gráfico de Radar e Pareto

Já falamos que para comparação nós podemos utilizar o gráfico de colunas, só que também podemos utilizar o gráfico de radar que tem uma visualização diferente.

Gráfico de radar
Gráfico de radar

Esse gráfico, para quem gosta de jogos, é algo muito comum, pois ele acaba ocupando menos espaço e você consegue mesmo assim verificar qual dos atributos ou das categorias tem maior ou menor valor.

Então quanto mais para fora maior o valor e para cada vértice do gráfico nós temos uma categoria.

Já o gráfico de Pareto além de comparar passa a ideia de composição do valor para que você tenha tanto o valor quanto o percentual acumulado de cada informação.

Gráfico de Pareto
Gráfico de Pareto

Aqui já temos uma ordenação do maior valor para o menor em um gráfico de colunas, com as informações das vendas no eixo da esquerda.

E temos também um gráfico de linha, que indica o percentual acumulado dessas vendas, então para hortifrúti nós já temos mais de 30% só nessas vendas.

E a medida em que o gráfico avança o acumulado vai avançando também até chegar em 100%, então você vai notar que o produto que mais vendeu vem sempre primeiro.

Histograma

Esse é um gráfico que não é muito comum, mas quem já estudou estatística ou fez faculdade em exatas deve lembrar bem desse tipo de gráfico.

Esse é um gráfico que mostra a distribuição dos dados agrupados em compartimentos.

Todos os Gráficos do Excel
Histograma

Aqui temos algumas notas e ao criar o gráfico ele separa em compartimentos, então já na primeira coluna temos que 24 pessoas tiraram de 1 a 3.

Então conseguimos saber qual a frequência dessas notas, então sabemos que a maioria dos alunos tirou entre 1 e 3.

Gráfico de Pizza e Gráfico de Rosca

Esses são gráficos muito comuns, mas o gráfico de rosca acaba sendo mais visual e ainda permite que você coloque números ou percentuais dentro dele para melhorar a visualização.

Gráfico de Pizza e Rosca
Gráfico de Pizza e Rosca

O grande problema da utilização desses gráficos é que muita das vezes colocamos muitas informações e isso acaba dificultando a visualização.

Geralmente utilizamos entre 3 e 4 informações, talvez até 5. Nesse nosso exemplo temos 6 informações, mas ainda conseguimos visualizar bem os dados.

Só que chega um ponto, onde temos cores repetidas alterando apenas a tonalidade delas, então acaba dificultando a visualização. Por isso é interessante utilizar 4 informações para uma melhor visualização.

Gráfico de Cascata e Funil

Aqui temos dois gráficos que são mais utilizados quando estamos falando de valores monetários, crescimento da empresa, vendas…

Gráfico de Cascata e Funil
Gráfico de Cascata e Funil

Valores positivos no gráfico de cascata ficam para cima com o valor azul e valores negativos tem uma cor diferente e vão na direção oposta.

O gráfico de funil vai afunilando como o próprio nome sugere, e é muito comum para vendas. Você provavelmente já ouviu falar em funil de vendas por exemplo.

Isso acontece porque você acaba especificando mais um produto e acaba tendo menos pessoas para consumir por exemplo.

Gráfico de Dispersão, Bolha e Superfície

Gráfico de Dispersão, Bolha e Superfície
Gráfico de Dispersão, Bolha e Superfície

Aqui temos o gráfico de dispersão logo no início, onde vamos ter apenas os pontos referentes a cada informação da tabela.

Quem fez curso de exatas vai se identificar bastante com esse gráfico inclusive quando temos as linhas ligando os pontos para visualizar melhor a equação.

Já nos gráficos de bolha e superfície nós temos gráficos com 3 dimensões. No gráfico de bolha temos as informações nos eixos de vendedores e investimento, mas o tamanho da bolha já indica o lucro.

O mesmo acontece com o gráfico de superfície, a altura da superfície é o lucro. Você vai notar que raramente visualiza um gráfico de superfície, vai visualizá-lo em áreas mais específicas.

Então o gráfico de bolha acaba sendo mais fácil de entender e visualizar para quem não tem familiaridade com o gráfico de superfície por exemplo.

Gráfico de Mapa

Esse é um tipo de gráfico que é muito visual e fica muito interessante em uma apresentação, pois deixa tudo mais fácil de visualizar!

Gráfico de Mapa
Gráfico de Mapa

Aqui temos diferentes tabelas com informações para que você veja como ele altera a visualização de acordo com os dados que tem.

O próprio gráfico entende a região que está analisando e isola aquela região caso seja necessário para facilitar a visualização dos dados.

Além disso temos a intensidade das cores, que mostra a quantidade de vendas, então quanto mais escuro maior a quantidade de vendas nessa região.

Gráfico de Ação

Esse é um gráfico de ação que já é utilizado em um cenário mais específico. A ideia aqui não é entrar em detalhes na explicação dos candles, mas é só para que você entenda que também temos esses recursos dentro do Excel.

Gráfico de Ação
Gráfico de Ação

Então em um único gráfico, vamos ter os valores de abertura, máximo, mínimo e fechamento, que são representados pelas “velas”.

Conclusão – Todos os Gráficos do Excel

Nessa aula (Todos os Gráficos do Excel) nós vimos diversos gráficos no Excel e quando utilizar cada um deles. Claro que alguns são mais visuais, mas não podemos utilizá-los sempre.

Então é importante analisar seus dados para verificar qual o melhor gráfico a ser apresentado para que você possa facilitar a visualização e o entendimento dos seus gráficos na hora de fazer suas apresentações!

Agora é praticar e começar a utilizar esses novos gráficos para impressionar ainda mais!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Excel Intermediário, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Excel com um minicurso básico gratuito?

Quer receber um minicurso 100% gratuito de Excel? Preencha seu e-mail abaixo!