Blog

Postado em em 8 de abril de 2022

O que é VBA (Visual Basic for Applications) e como usá-lo?

VBA…o que é? A sigla VBA significa Visual Basic for Applications e tem íntima relação com Excel. É por isso que muita gente pergunta o que é VBA Excel.

Vamos esclarecer os conceitos? Falamos sobre VBA, o que é, como funciona e, ao final, apontamos algumas dicas de VBA. Confira!

Clique aqui para baixar a planilha utilizada nessa publicação!

O que é VBA no Excel?

O VBA é a linguagem de programação por trás do Excel. Isso significa que dentro do Excel existe um complemento, que é o VBA, que permite que você faça programações em sua planilha.

Com isso, o VBA consegue complementar o Excel com:

  • Automatização de rotinas;
  • Realização de tarefas que não são possíveis apenas com o Excel.

Entendeu melhor o VBA, o que é e como ele se relaciona com o Excel? Vamos agora ver como o Visual Basic for Applications funciona!

Como o VBA funciona?

Como em todo programa, no Excel VBA, você precisa traduzir todas as funções em códigos para que o computador entenda tudo perfeitamente e faça os comandos desejados.

Nesse caso, o nome da linguagem do sistema VBA é Visual Basic. Sendo assim, tudo que será executado no programa precisa passar por essa “tradução de idioma”.

Os resultados são excelentes, já que a programação VBA permite que todas as planilhas tenham ainda mais recursos.

Além disso, há a automação de muitas funções do dia a dia, assim, você e qualquer outro profissional ganha tempo de trabalho.

Vale lembrar que: mais minutos e horas livres é igual a mais produtividade.

Então, não tem como deixar de usar os recursos mais complexos do Excel, não é mesmo?

Por que aprender a programar em VBA?

Agora que você já conhece como funciona o VBA, o que é e como ele se integra com o Excel, deve estar se questionando o motivo para aprender a programar em VBA no Excel.

Bom, nós já mencionamos que o Visual Basic for Applications automatiza rotinas e realiza tarefas que o Excel sozinho não consegue fazer. Esses são motivos suficientes, certo?

O VBA possui muitos recursos que podem turbinar suas planilhas. Ao aprender VBA você poderá:

  • Criar loops;
  • Utilizar matrizes ou arrays (grupos de variáveis);
  • Elaborar declarações IF/THEN para criar condicionais;
  • Criar diversos elementos como caixas de texto e de listagem, botões etc. com controles ActiveX;
  • Utilizar diversas funções, como o Range Object (representa uma ou mais células da planilha);
  • Criar macros (falaremos a seguir o que são essas instruções que automatizam funções dentro do programa).

São muitas as possibilidades de programação VBA, certo?

É importante destacar, ainda, que quando você sabe mais sobre VBA, o que é e como funciona, você se depara com duas formas de utilização desse recurso.

A primeira é escrever o código, o que demanda conhecimento da sintaxe da linguagem de programação.

A segunda é utilizar as próprias funções do Excel, o que facilita bastante o trabalho do usuário ao criar módulos e macros.

Seja como for, ao usar o Visual Basic for Applications você criará planilhas poderosas, inclusive programas que realizam várias funções.

Como funcionam as macros no VBA?

Em outra oportunidade, nós conceituamos as macros como sinônimos para os códigos que podemos criar na linguagem de programação Visual Basic. Ou seja, servem para traduzir, em código, as ações feitas nos programas, em especial, o Excel.

Como você já sabe mais sobre VBA, o que é e como funciona, é hora de aprender como as macros funcionam no Visual Basic for Applications.

Imagine que você quer gravar uma macro no Excel. O que acontece? O programa apresentará um comportamento em background que fará a respectiva codificação para VBA.

E se eu criar várias macros? Tenha em mente que cada uma delas terá comportamento específico e autônomo em relação às outras. Seu objetivo não muda: executar as instruções que respondem às exigências do usuário.

Em outras palavras, cada macro que você criar dá origem a um procedimento ou rotina. Temos duas principais rotinas: sub-rotinas e funções.

Sub-rotinas

Sub-rotinas são rotinas delimitadas pelas palavras-chave Sub e End Sub.

Uma sub-rotina é designada pelo nome que você quiser atribuir a ela. Diferentemente das funções, ela não recebe parâmetros do exterior.

E quando eu faço uma programação no VBA com sub-rotinas? Quando você quiser uma macro para desempenhar um conjunto de instruções que compõem o seu corpo.

Mas fique atento! Cada instrução deve estar em uma linha diferente.

Funções

As funções são rotinas que começam com Function e terminam com End Function. Até então, a diferença entre elas e as sub-rotinas são as palavras delimitadoras.

Porém, além das palavras, as rotinas funções também precisam ser de um transporte de parâmetros para que sejam executadas corretamente.

Aplicações com Visual Basic: veja 3 exemplos

Entendeu o funcionamento do VBA, o que é e como você programar em VBA no Excel?

Se você respondeu sim, ótimo. Mas se você precisa se aprofundar com a prática para entender o VBA, sem problemas.

A seguir, você verá exemplos práticos de aplicações com VBA em planilhas do Excel!

Exemplo 1: compilação de dados

Vamos supor que temos uma empresa que possui uma base de dados de seus clientes e queremos dividir esta planilha de base de dados em abas de acordo com o bairro dos clientes.

Ou seja, queremos filtrar todos os clientes do bairro Leblon e copiá-los para uma aba nova de clientes do bairro Leblon, todos do bairro Copacabana em outra aba e assim por diante para todos os bairros.

Base de dados VBA:

Base de dados VBA:

Este trabalho seria extremamente trabalhoso em Excel, especialmente para bases de dados muito grandes.

Por isso, podemos criar uma macro, que é como são chamados os códigos em Visual Basic, que faça todo este trabalho, bastando ao usuário apenas clicar em um botão (“Rodar Compilação”, no exemplo) para que a macro seja executada.

Esse é um dos exemplos do VBA que mostram como podemos ser mais produtivos com o Visual Basic for Applications.

Selecionando o botão que executa a Macro:

Selecionando o botão que executa a Macro

Planilha após a execução da Macro:

Planilha após a execução da Macro

Assim, conseguimos com VBA economizar tempo e reduzir as chances de erro. Para visualizarmos o código em VBA que foi criado, basta selecionar ALT+F11 ou, caso não funcione, ALT+Fn+F11.

Visualização do Código no VBA:

Visualização do Código no VBA

Exemplo 2: soma por cor

Antes de passarmos às dicas de VBA, vamos a mais um exemplo. Mostraremos que com o Visual Basic é possível fazer coisas que o Excel não faz.

Vejamos a planilha a seguir, onde cada célula tem uma cor e um número. Em uma empresa, cada cor pode ter um significado, sendo uma classificação, por exemplo. Queremos saber qual a soma dos números das células de cada cor.

Soma de cores

O Excel não possui nenhuma fórmula que faça a soma de valores das células por cor. Criamos então uma fórmula utilizando VBA que tenha esta função:

Fórmula SomaCores:

Fórmula SomaCores

Ou seja, utilizando VBA foi possível criar a fórmula SomaCores, que utilizando como valores de entrada a célula com a cor a ser somada e a matriz tabela com os valores, retorna a soma dos valores das células de cada cor.

Exemplo 3: criação de formulários usando VBA

Finalizando nossos exemplos, vamos para a criação de formulários interativos usando VBA. Se você já sabe a fundo sobre o VBA, tem uma ideia de como isso pode ser feito.

Muitas vezes, alimentar nossa base de dados com novas informações pode ser um processo trabalhoso e bastante suscetível a erros, principalmente em bases de dados muito grandes. Por isso, podemos criar formulários utilizando Visual Basic que facilitem a alimentação dessas bases.

No nosso exemplo, temos uma base de dados de funcionários de uma empresa e criamos um formulário que permite a inserção de novos funcionários, já colocando estes novos dados em ordem alfabética e na formatação correta. É possível também excluir dados da base de maneira simplificada.

Planilha Base Funcionários:

Planilha Base Funcionários

Formulário cadastro funcionários VBA:

Formulário cadastro funcionários VBA

Formulário exclusão de funcionários:

Formulário exclusão de funcionários

Como usar o VBA no seu trabalho? 3 dicas práticas

Vamos, finalmente, às dicas de VBA! É hora de, enfim, colocar a mão na massa.

Veja o que você deve fazer com essa ferramenta!

1. Ative o VBA no Excel

Sem dúvidas, o Excel é um mundo de possibilidades, mas, primeiramente, tudo precisa ser ativado. No caso do VBA, isso não é diferente. Não basta saber sobre VBA, o que é e como funciona. É preciso ativar o recurso.

Então, a sua primeira tarefa é clicar em “Arquivos”, depois, em “Opções” e “Personalizar faixas de opções”.

Na segunda janela que aparece, clique em “Desenvolvedor” e dê o “Ok”.

Habilitando a guia Desenvolvedor:

Habilitando a guia Desenvolvedor:

Feito isso já é possível acessar essa nova guia e abrir o ambiente VBA através dela ou utilizando o atalho ALT + F11 (ou ALT + FN + F11).

Opção para abrir o ambiente VBA:

Opção para abrir o ambiente VBA:

2. Seja curioso e pratique o máximo possível

Nós sempre dizemos que, não basta você dominar todas as teorias de Excel, a prática também é fundamental.

Sendo assim, explore o maior número de funções, tente implementar as macros e ver como tudo isso transforma o seu dia a dia.

Quanto mais você mexer, mais rápida será a sua evolução no programa.

Lembrando também que saber Excel é um conhecimento básico para muitos negócios e empresas.

3. Incentive treinamentos e troque informações

Se no seu trabalho, as pessoas ainda não usam o VBA, é claro que todos os times precisarão se adequar, certo?

Para isso, nada melhor do que promover treinamentos em forma de workshops, por exemplo, ou disponibilizar cursos on-line.

Independentemente de qual seja o método usado, procure sempre trocar informações… O networking soma à carreira de todos os profissionais.

Mais do que isso, faz toda empresa deslanchar.

Ao aprender conceitos sobre VBA, o que é e quais são suas aplicações práticas, você conseguirá realizar rotinas de maneira simplificada e fazer coisas que não são possíveis no Excel.

Veja também:

Vire uma referência no Mercado de Trabalho por causa do Power BI!

Quer saber como? Inscreva-se no Intensivão de Power BI! É gratuito!