Blog

Postado em em 7 de junho de 2021

Criar Arquivo Executável no Python

Criar Arquivo Executável

Nessa aula vamos te mostrar como criar arquivo executável no Python para que você possa executar seus códigos de forma mais eficiente!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Resumo

Nessa aula nós vamos te mostrar como criar um arquivo executável no Python utilizando um ambiente virtual e o Pyinstaller.

É um procedimento muito fácil e simples de fazer para que você possa ter seu código em um arquivo executável e não ter a necessidade de abrir qualquer programa de Python para rodar o código.

O que vamos aprender nessa aula:

Como Transformar Arquivo em Python em Executável

Você provavelmente já se fez essa pergunta “como que eu posso transformar meu código em Python em um arquivo executável?”, certo?

Você já sabe a resposta para essa pergunta? Se ainda não sabe pode ficar tranquilo que na aula de hoje nós vamos te mostrar o passo a passo para criar seu arquivo Python executável!

Vamos ao próximo tópico para descobrir como fazer esse processo!

Arquivo Executável no Python

O arquivo de código que vamos utilizar já está disponível para download, mas nele será feita uma análise de dados no Python e o envio de dados por e-mail.

Então temos duas ações, a análise de dados e em seguida o envio desses dados já organizados por e-mail.

Esse envio de e-mail é feito através da integração com Outlook utilizando a biblioteca win32. E claro, vamos utilizar outra biblioteca no Python que já deve ter ouvido falar como biblioteca pandas que é excelente para análise e tratamento de dados.

OBS: Vale lembrar que para criar esse executável nós vamos utilizar o PyCharm, caso não tenha instalado basta clicar aqui.

Se for a primeira vez que estiver utilizando o Python precisa instalar as seguintes bibliotecas:  pandas, pywin32 e openpyxl.

IMPORTANTE: É muito importante que você verifique se o seu código está funcionando corretamente antes de criar o seu executável, pois esse executável não vai te mostrar os erros do código. Então precisa se certificar de que tudo está certo antes de prosseguir!

Outro ponto de recomendação é que sempre que vá criar um arquivo executável é importante que faça isso dentro de um Ambiente Virtual.

Um dos motivos que vamos utilizar o PyCharm é justamente pela facilidade de criar esse ambiente virtual, então facilita o nosso procedimento.

IMPORTANTE: Então você vai criar um novo projeto dentro do ambiente virtual e vai colar esse código!

Utilizar esse ambiente virtual na criação do arquivo executável é importante, pois vai deixar o seu arquivo muito mais leve e o processo para essa ação fica mais rápido!

Agora vamos a criação do nosso executável!

O primeiro passo é instalar o pyinstaller, então pode escrever no seu terminal pip install pyinstaller.

Em seguida vamos utilizar o seguinte código no terminal: pyinstaller –onefile Gabarito.py

Onde esse Gabarito.py é o nome do nosso arquivo que será criado o executável.

Isso diz para o programa que vamos transformar os nossos arquivos em uma única coisa. Você pode colocar o parâmetro -w também, mas só se tiver uma tela de interação com o usuário.

OBS: É importante ressaltar que esse processo para transformar em um arquivo executável é um pouco demorado e vai depender do tamanho do seu código e das bibliotecas que vai passar. Por isso é importante utilizar o ambiente virtual para que tenha somente o que precisa e não leve diversas bibliotecas extras sem necessidade.

Criar Arquivo Executável no Python
Pastas criadas após a criação do executável

Você vai notar que após o procedimento serão criadas algumas pastas e o nosso executável está dentro da pasta dist.

Então basta pegar esse executável e jogar para onde temos o arquivo de vendas, pois o nosso código precisa desse arquivo para funcionar.

Isso é porque estamos fazendo a análise desse arquivo dentro do nosso código.

Pronto, agora você tem o seu arquivo executável. Pode então colocar ele em outra pasta junto com a base de dados, ou até enviar para outra pessoa e você vai ver que ele funciona normalmente!

Claro que pode demorar um pouco na execução por conta dos procedimentos do código, nesse caso temos uma base de dados grande então é normal demorar um pouco!

E-mail recebido através do arquivo exectuável

Já recebemos o e-mail com as 3 tabelas que foram processadas no nosso código.

Conclusão

Nessa aula nós te ensinamos a criar um arquivo executável do seu código em Python para que possa rodar sem ter que abrir o programa ou sem ter qualquer biblioteca de Python no computador de quem vai rodar o arquivo.

É um procedimento bem simples, mas muito eficiente principalmente quando está fazendo códigos para outras pessoas e precisa enviar o executável!

Agora que já sabe como fazer para criar seu executável, agora é a sua vez de fazer as suas próprias criações para os seus próximos projetos!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Python, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Python com um minicurso gratuito?


Faça sua pré-matrícula gratuita no Excel Impressionador agora e libere aulas exclusivas de Excel!