Blog

Postado em em 11 de julho de 2021

Tabela Calendário no Power BI – Porque Usar?

Tabela Calendário no Power BI

Nessa aula vamos te mostrar porque você deve utilizar uma tabela calendário no Power BI e como ela vai te auxiliar no seu relatório!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Resumo

Nessa aula nós vamos te mostrar o que é uma tabela calendário e como ela vai te ajudar dentro do Power BI.

Você vai ver que ela possui algumas informações úteis e que você não precisa repetir essas informações diversas vezes para suas outras bases de dados.

Isso significa que você pode evitar de criar um arquivo muito grande e deixar de duplicar informações sem necessidade.

Por Que Usar Tabela Calendário no Power BI

Você já deve ter ouvido falar bastante nessa tal de tabela calendário no Power BI certo?

Mas você sabe para que ela serve e por que você deve utilizá-la?

Nessa aula nós vamos te mostrar porque você tem que utilizar essa tabela calendário e vamos te mostrar como ela vai facilitar a sua vida dentro do Power BI!

Bora pra aula aprender de uma vez o que é essa Tabela Calendário?

Tabela Calendário no Power BI

Primeiramente vamos falar o que é essa tal de Tabela Calendário? Na verdade, é algo bem simples, mas que vai te ajudar muito!

Ela é uma tabela que possui todas as datas da primeira data do ano que você tem até a última data do ano.

Isso quer dizer que vamos ter todas as datas dos anos que está analisando na sua base de dados, então mesmo que não tenha nada nessa data teremos ela para que a tabela calendário fique completa.

Só que não é só isso, não pense que vamos ter só datas e pronto! Dá uma olhada nas informações que podemos obter dessa tabela.

Tabela Calendário
Tabela Calendário

Podemos ter diversas informações complementares sobre as datas como: mês, ano, trimestre, semana do ano, nome do mês, entre outras.

Agora veja que você pode obter diversas informações dessa base sem precisar ir em cada uma das suas tabelas e colocar todas essas colunas.

Assim você vai evitar duplicidade de informações e outro ponto muito importante, vai deixar a base de dados mais leve.

Mas porque ela vai ficar mais leve?

Eu vou te explicar, veja que colocamos 10 colunas nessa tabela fora a coluna principal, certo? Agora vamos a BaseVendas, e você vai ver que ela possui um total de 23.794 linhas.

Uma das bases que temos nesse arquivos (BaseVendas)
Uma das bases que temos nesse arquivos (BaseVendas)

Isso quer dizer que temos essa quantidade de informação. Agora imagine que você acrescente 1 coluna com o nome do mês por exemplo.

Isso significa que você vai adicionar mais 23.794 novas informações, ou seja, cada coluna vai acrescentar a quantidade de linhas que tem na tabela.

Agora imagine que vai colocar as 10 colunas que temos na base calendário dentro dessa base, vamos ter mais de 200 mil informações a mais.

Viu como isso começa a ser um grande problema? Agora imagine que vamos ter que fazer isso para todas as bases que temos.

Acaba se tornando inviável, por isso é importante a base calendário, pois cada base só vai precisar da coluna de data enquanto a tabela calendário vai ter todas as outras informações.

Com isso podemos fazer a relação da tabela calendário com as outras para poder puxar essas informações quando necessário e fazer as devidas análises.

Relacionamentos entre as bases de dados do arquivo
Relacionamentos entre as bases de dados do arquivo

Aqui por exemplo temos como ficaram os Relacionamentos no Power BI, dessa forma evitamos de colocar 10 colunas em cada uma das bases que tiver relação com a base calendário.

OBS: Lembrando que no material que você fez o download, temos uma apostila além do arquivo que vai mostrar esse passo a passo e a quantidade de informações que acaba aumentando em cada uma das bases de dados.

Assim você vai poder verificar de fato que a quantidade de informações começa a ficar muito grande e vai começar a atrapalhar o desempenho do programa em alguns casos.

Conclusão

Nessa aula aprendemos que a tabela calendário é muito útil tanto para obter diversas informações adicionais das datas como para deixar o seu arquivo mais leve.

Isso quer dizer que você não precisa colocar todas essas informações adicionais de datas em todas as suas bases, basta colocar na base calendário e fazer a relação dela com as demais.

Isso vai evitar com que você insira milhares ou até milhões de informações repetidas sem necessidade.

Então vai conseguir diminuir essa quantidade de informações duplicadas sem necessidade e ainda diminuir o tamanho do seu arquivo!

Claro que para melhorar seus relatórios você vai precisar saber como criar essa tabela, e é por isso que vamos deixar um vídeo aqui pra você para que aprenda como criar essa tabela calendário e otimizar seu arquivo no Power BI!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso gratuito?


Quer sair do zero na linguagem de programação que mais cresce no mundo atualmente? Inscreva-se no Intensivão de Python agora mesmo!