Blog

Postado em em 24 de setembro de 2020

Gráfico de Área no Excel: Dinâmico e Interativo

Vou te mostrar em apenas alguns passos como você pode criar um Gráfico de Área no Excel 100% Dinâmico e Interativo para suas planilhas!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

 

O que é um Gráfico de Área no Excel?

O gráfico de área dentro do Excel é similar ao gráfico de linha, no entanto, o que está abaixo dessa linha fica preenchido para mostrar que temos uma informação naquela parte.

Desta forma esse gráfico é parecido com uma montanha, pois além dos pontos principais de cada informação temos tudo que está abaixo preenchido e não somente uma linha em um fundo branco.

Quando utilizar essa ferramenta?

Esse tipo de gráfico é utilizado quando o usuário precisa de um maior impacto visual na representação de seus dados, assim não tem apenas linhas dentro do gráfico, mas uma parte dele preenchido que representa a quantidade daquela informação.

Desta forma é possível facilitar a visualização desses dados com essa área toda preenchida, então além de mais visual o gráfico se torna mais fácil de ser “lido”.

Como utilizar o Gráfico de Área dinâmico no Excel?

Dentro do ambiente Excel não temos somente a opção de área, mas sim da criação de um gráfico de área interativo, ou seja, é possível fazer com que o usuário consiga interagir com as informações para melhorar a visualização e selecionar somente o que deseja visualizar naquele momento.

Base de dados
Base de dados

Inicialmente para a construção de um gráfico é necessário que tenhamos algumas informações, para isso temos as informações de datas, de janeiro de 2018 até dezembro de 2020 com seus respectivos valores de vendas.

Para iniciar essa construção será necessário selecionar essas informações, você pode fazer isso com seu mouse ou clicar em uma das células da tabela e após isso usar o atalho CONTROL + T, feito isso, vá até a guia Inserir e selecionar a opção Tabela Dinâmica.

Inserindo a tabela dinâmica
Inserindo a tabela dinâmica

Após clicar na tabela dinâmica você tem a opção de criar uma nova planilha ou continuar na planilha existente. Neste caso vamos continuar na planilha existente e selecionar uma célula que servirá como vínculo para deixar as informações dinâmicas, neste caso escolhemos a célula D1.

Feito isso teremos a tabela dinâmica criada, no entanto, ela não vem com nenhuma informação. Como é uma tabela diferenciada teremos que escolher quais as informações serão representadas nessa tabela.

Clique sobre o nome das colunas e arraste para os campos da tabela dinâmica logo abaixo, neste exemplo vamos arrastar Anos para o campo de Linhas e Venda para o campo de valores:

Inserindo as informações nos campos da tabela dinâmica
Inserindo as informações nos campos da tabela dinâmica

Quando arrastamos data para o campo linhas note que aparece no campo anos, data e trimestre, arrastre o trimestre para fora do campo assim vamos ver as informações de cada ano mês a mês.

Outro ponto é que os valores da coluna de soma não estão formatados como moedas e como se tratam de vendas gostaria de poder modificar a formatação.

Para fazer isso clique sobre a coluna com os valores e em seguida clique em página inicial.

Feito isso vá para o campo de número e escolha a opção moeda ou contábil, nesta opção você também pode escolher a quantidade de casa decimais que você vai colocar na planilha e o alinhamento.

Formatando a tabela
Formatando a tabela

Com isso temos a seguinte tabela onde o usuário pode clicar no símbolo de + para obter mais informações sobre um determinado ano, ou no símbolo de para ver menos informações.

Com a tabela criada vamos inserir agora a segmentação de dados, assim o usuário consegue selecionar por meio de um botão qual ano deseja analisar.

Para isso basta selecionar qualquer dado da tabela dinâmica e ir até a guia Análise de Tabela Dinâmica, clique na opção Inserir Segmentação de Dados e selecione por qual informação vamos segmentar, que é a informação de ano.

Segmentação de dados por Ano
Segmentação de dados por Ano

Feita a segmentação de dados é possível observar que temos algumas informações apagadas e que não queremos, portanto vamos fazer algumas modificações para que essas informações não apareçam.

Para isso basta clicar com o botão direito em cima da segmentação e selecionar a opção Configurações da Segmentação de Dados.

Configurações da segmentação de dados
Configurações da segmentação de dados

Feito isso será aberta uma janela para que possamos fazer algumas alterações dentro da segmentação de dados.

Configuração da segmentação de dados
Configuração da segmentação de dados

Nesta janela vamos desmarcar a opção Exibir cabeçalho e vamos marcar a opção Ocultar itens sem dados.

Resultado da segmentação após as alterações
Resultado da segmentação após as alterações

Feito isso o aspecto da segmentação de dados fica mais limpo e sem informações que não temos dados, portanto ficamos somente com as opções dos 3 anos que de fato temos informações.

Selecionando o ano e verificando a mudança da tabela (automático)
Selecionando o ano e verificando a mudança da tabela (automático)

Agora ao clicar em uma dessas opções a tabela dinâmica será atualizada para as informações daquele ano selecionado, assim o usuário consegue observar somente as informações daquele determinado ano.

Para dar continuidade vamos reposicionar a segmentação, ocultar a linha que mostra o ano, pois já teremos ele selecionado na segmentação, então não é necessário. E por fim vamos na guia Exibir e desmarcar a caixa de Linhas de Grade.

Selecione todos os valores da tabela e clique na guia inserir -> gráfico de linha -> gráfico de área

Inserindo o gráfico de área no excel

Outra forma de inserir o gráfico é clicando em uma célula qualquer da tabela -> guia inserir -> gráfico de área 2D.

Lembrando que a criação que vamos fazer nesse momento é sem selecionar informação alguma, vamos fazer isso posteriormente para ensinar algumas ferramentas interessantes dentro do Excel.

Com o gráfico em branco criado vamos clicar nele com o botão direito e ir até a opção Selecionar Dados.

Opção para selecionar os dados no gráfico
Opção para selecionar os dados no gráfico

Feito isso será aberta uma janela para que você faça a seleção desses dados que serão inseridos dentro do gráfico.

Menu para seleção de dados do gráfico de área no excel
Menu para seleção de dados

Na parte a esquerda vamos colocar os valores -> vamos clicar em Adicionar.

Adicionando os valores ao gráfico de área
Adicionando os valores ao gráfico de área

Feito isso basta dar um nome a série e em seguida selecionar onde estão os dados que serão inseridos no gráfico. Veja que com isso o gráfico já toma forma, no entanto ao pressionar OK vamos voltar a janela anterior e teremos que clicar em Editar no campo a direita para alterar o nome do eixo X.

Desta forma basta selecionar de janeiro a dezembro para que o gráfico fique com o eixo X representado de forma correta ao invés de ficar com os valores de 1 a 12. Feito isso o gráfico estará pronto.

Gráfico de área no excel construído
Gráfico construído

Com o gráfico criado o usuário poderá fazer algumas alterações como clicar e excluir o título, o eixo y, as linhas, clicando no gráfico e indo até as guias Design do Gráfico e Formatar.

Na guia exibir desmarque as linhas de grade da planilha

Na guia formatar clique em Contorno da forma -> Sem contorno

Outra opção para fazer algumas modificações é clicar com o botão direito na área do gráfico e selecionar a opção Formatar Série de Dados, vai abrir uma janela no canto lateral direito.

Clique no símbolo de um baldinho de tinta e nesta opção selecione -> Preenchimento de gradiente -> escolha as cores do gradiente logo abaixo em Marcas de gradiente

imagem 3

Gráfico após formatação
Gráfico após formatação

Agora para finalizar vamos inserir alguns rótulos de dados para mostrar o impacto que aquele mês teve nas vendas totais do ano. Para isso vamos ter que criar uma coluna extra ao lado do que já temos na tabela, nesta coluna vamos criar uma fórmula que calcula o impacto percentual de cada mês.

Para fazer este cálculo você deve pegar o valor do mês e dividir pelo valor total, então coloque o sinal de igual clique no mês de janeiro a barra que indica divisão e clique na célula com o total geral.

Fórmula para a coluna de impacto %
Fórmula para a coluna de impacto %

Feito isso basta replicar a fórmula para o restante das células, para não ter que fazer uma por uma pegue o primeiro cálculo e clique sobre a célula que corresponde ao total geral, depois clique em F4 assim você tranca a célula =E4/$E$16, após isso você pode arrastar para as demais.

imagem 4

Após isso formate os valores como percentual e faça o somatório para verificar se de fato temos 100% do valor dividido entre os 12 meses do ano.

Feito isso vamos até o + do gráfico e vamos habilitar a opção de Rótulo de Dados, observe que os rótulos criados correspondem a coluna com os valores e não a coluna percentual.

Para corrigir isso clique sobre no rótulo criado com o botão direito e selecione a opção Formatar Rótulo de Dados.

Inserindo e formatando os rótulos de dados
Inserindo e formatando os rótulos de dados

Feito isso será aberto um menu lateral no Excel, nele você pode fazer suas alterações.

Dentro desse menu vamos marcar a opção Valor a Partir das Células, em seguida basta escolher o intervalo que acabamos de criar.

Por fim vamos desmarcar a opção de Valor, pois só queremos o percentual sendo mostrado no gráfico.

Obtendo os valores das células para inserir nos rótulos de dados
Obtendo os valores das células para inserir nos rótulos de dados

Feito isso formate os rótulos, vá a guia formato e coloque um fundo branco, pode deixar em negrito ou colocar um contorno, feito isso teremos o seguinte resultado:

Resultado do rótulo de dados no gráfico de área no excel
Resultado do rótulo de dados

O problema é que com esse gráfico em específico não conseguimos alterar o alinhamento do rótulo de dados, então ele acaba aparecendo bem no meio do gráfico ao invés de aparecer no topo por exemplo.

Para contornar esse problema teremos que fazer algumas ações. A primeira delas é excluir esse rótulo de dados, em seguida (com o gráfico selecionado) vamos até a guia Inserir -> gráficos de linhas ou de áreas e vamos selecionar a segunda opção que é o Gráfico de Área Empilhada.

Selecionando o gráfico de área no excel empilhado
Selecionando o gráfico de área empilhada

Feito isso o gráfico não será alterado, no entanto, vamos repetir o passo que fizemos para adicionar os dados ao gráfico selecionando as mesmas informações de vendas.

Clique com o botão direito em cima do gráfico e em seguida em Selecionar dados -> selecione novamente a coluna com o valores:

imagem 6

Observe que o resultado vai ficar estranho comparado ao nosso gabarito, mas é aqui que vamos conseguir chegar naquele resultado, não se preocupe!

Gráfico de área no excel empilhado com as duas informações
Gráfico empilhado com as duas informações

Veja que foi criada uma área na cor laranja, vamos clicar nessa área, ir novamente na guia Inserir e alterar essa área laranja para um gráfico de linha.

Clique novamente no sinal de mais ao lado do gráfico e selecione rótulo de dados, nesta opção você pode escolher a posição do rótulo que neste caso queremos acima.

Alterando o novo dado para gráfico de linha
Alterando o novo dado para gráfico de linha

Com isso já temos uma outra visualização dessas informações e o nosso gráfico está voltando a ficar como estava inicialmente.

Ajustando o posicionamento do rótulo de dados
Ajustando o posicionamento do rótulo de dados

Veja que agora é possível selecionar o posicionamento do Rótulo de Dados quando temos esse gráfico de linha. Feito isso basta repetir o procedimento do rótulo que fizemos para puxar o percentual.

Para finalizar vamos selecionar a linha, ir até guia Formatar, em seguida em Contorno da Forma e marcar a opção Sem Contorno. Assim teremos o rótulo de dados correto e a linha não ficará mais visível.

Gráfico de Área finalizado com rótulo de dados posicionado na parte superior
Gráfico de Área finalizado com rótulo de dados posicionado na parte superior

Por fim teremos o gráfico de área no Excel de forma com que os rótulos de dados apareçam ao topo de cada ponto para facilitar a visualização dos dados.

Conclusão – Gráfico de Área no Excel

Nesta aula foi possível aprender a como construir um Gráfico de Área no Excel para que os dados fiquem mais visuais e como ajustar para que os rótulos de dados possam ser posicionados conforme a necessidade do usuário e não no meio da área do gráfico.

Eu fico por aqui! Até a próxima! Um abraço,

Hashtag Free Excel Básico

Apostila Básica de Excel

Essa é uma apostila básica de Excel para que você saia do zero de forma 100% gratuita!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Excel Intermediário, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Excel com um minicurso básico gratuito?

Quer aprender a criar Dashboards Incríveis no Excel para impressionar?Coloque seu e-mail e comece agora esse minicurso!