Blog

Postado em em 24 de novembro de 2021

Funções Básicas no Power BI – Aula do Zero para Iniciantes

Hoje eu quero te mostrar sobre as funções básicas no Power BI para que você possa sair do zero e dar os seus primeiros passos!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber por e-mail o(s) arquivo(s) utilizados na aula, preencha:

A aula de hoje vai mostrar as funções básicas no Power BI para iniciantes.

Então, para você que ainda não sabe nada, ou está iniciando no Power BI, essa aula vai te ajudar muito!

Vamos aprender:

  • como criar uma coluna calculada no Power BI
  • como criar medidas
  • como fazer as operações básicas de soma, multiplicação, subtração e divisão.
  • como funciona a fórmula ROUND no Power BI, que é uma fórmula para arredondar valores e já explicar que todas as fórmulas dentro do programa são escritas em inglês.
  • como usar a fórmula IF no Power BI, que é uma fórmula de comparação (fórmula condicional), que vai fazer uma verificação e retornar um resultado caso essa comparação seja verdadeira, ou um outro resultado caso seja falsa.

Então um pouco de conhecimento em inglês facilita na hora de lembrar as fórmulas e o que elas fazem.

Vamos lá pra aula!

Bases de informação: Frete

Iremos trabalhar com uma planilha: tabela de fatos da empresa que resumem os serviços de frete de uma empresa.

A tabela fato vai ter informações repetidas (exemplos da imagem acima: Data Pedido, Data Entrega, UF, Marca). Mais informação a respeito dos tipos de tabela no Power BI você encontra aqui nessa outra postagem do blog!

Importando os arquivos para o Power BI

Esse arquivo contendo a aba de interesse será importado para o Power BI a partir do método tradicional, já mostrado em outras aulas, que é:

  • Vamos obter dados a partir do Excel (em 1)
  • Selecionar as planilhas (abas) em questão (em 2)
  • Clicar em Conectar (em 3), nesse caso.

Tratamento de dados

– Coluna de Custo da Viagem

  • Estar na segunda guia do Power BI, a Guia de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Custo Viagem = Frete[Combustível]+Frete[Custos Fixos]

Explicação da fórmula: vamos somar os custos com combustíveis e os custos fixos da viagem, para ter um totalizador de custos da viagem.

– Coluna de Valor do Frete Líquido

  • Estar na segunda guia do Power BI, a Guia de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Valor Frete Líquido = ROUND(Frete[Valor do Frete]*0.85,2)

Explicação da fórmula: o valor do frete líquido vai corresponder a 85% do valor do frete total, ou seja, terá 15% de desconto. A fórmula ROUND vai fazer o arredondamento desse cálculo feito para 2 casas decimais.

– Coluna de Tempo de Entrega

  • Estar na segunda guia do Power BI, a Guia de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Tempo Entrega = Frete[Data Entrega]-Frete[Data Pedido]
  • Para observar o resultado dos dados em forma de número vamos precisar ir em Ferramentas de coluna > Tipo de dados > Mudar para Número inteiro > OK

Explicação da fórmula: o tempo de entrega realizado pela empresa vai ser representado pela diferença de tempo entre a data de entrega e a data do pedido.

– Coluna de Status da Entrega

  • Estar na segunda guia do Power BI, a Guia de Dados
  • Criar uma nova coluna, em Página Inicial
  • Inserir a seguinte fórmula na barra de fórmulas, que vai representar a coluna:
Status Entrega = IF(Frete[Tempo Entrega]<=Frete[Prazo Entrega],"No Prazo","Atrasada")

Explicação da fórmula: vamos fazer uma verificação com a fórmula SE no Power BI, onde vai haver a comparação das informações de tempo de entrega (criado na etapa anterior) com o prazo de entrega (já dado pela tabela original).

Caso o tempo que a empresa levou para fazer a entrega tenha sido menor ou igual ao prazo de entrega estipulado, ela será considerada “No Prazo”. Caso seja maior, será considerada como “Atrasada”.

Até aqui, com as 4 primeiras colunas criadas, temos, para as primeiras 10 linhas:

Até agora temos as informações de cada fato/linha da nossa tabela. Cada viagem tem um custo, um valor de frete líquido, um tempo de entrega e um status específico.

Mas, alguns valores como custo, frete por exemplo podemos ter um valor único de somatório, e o tempo de entrega poderemos ter em média.

Para ter um único número representando todas as linhas precisaremos de uma medida.

Nesse outro post aqui mostramos com mais detalhes essa discussão de medida e coluna no Power BI, o que chamamos de Tipos De Contexto No Power BI.

Nova Medida

Podemos, a partir de agora, criar as medidas dentro dessa tabela/consulta. Para criá-las, vamos:

  • Na guia Página Inicial
  • Nova Medida
  • Assim que a barra de fórmulas se abrir, colocar o nome da medida, seguido de um sinal de igual (=), e a operação/fórmula desejada

As fórmulas criadas (na ordem da aula) serão:

Receita Líquida = SUM(Frete[Valor Frete Líquido])

Custo Total = SUM(Frete[Custo Viagem])

Lucro = Frete[Receita Líquida]-[Custo Total]

Valor Médio Frete = AVERAGE(Frete[Valor Frete Líquido])

Qtd Viagens = COUNTROWS(Frete)

UFs Atendidas = DISTINCTCOUNT(Frete[UF])

As fórmulas de Receita Líquida e Custo Total acima fazem a simples somatória (sum, em inglês) das informações linha a linha da coluna citada no interior dos parênteses.

A fórmula de Valor Médio Frete vai ser o resultado da média (average, em inglês) das informações linha a linha da coluna citada no interior dos parênteses.

A fórmula de Qtd Viagens vai fazer a contagem de linhas (count rows, em inglês) das informações da tabela de Frete, importada.

A fórmula de UFs Atendidas vai fazer a contagem de informações distintas (distinct count, em inglês) presentes na coluna UF, da tabela Frete, importada.

Para visualizar o resultado dessa medida vamos criar um cartão, nas visualizações (guia de Relatório), e arrastar a nossa medida criada de “Receita Líquida” para o campo de Campos do cartão.

Funções Básicas no Power BI

Para uma personalização rápida do nosso cartão, vamos, no pincel do cartão:

  • Ativar a propriedade Sombra
  • Ativar a propriedade Borda
  • Na propriedade tela de fundo, colocar a cor para amarelo
  • Na propriedade rótulo de categoria, vamos aumentar o tamanho do texto
  • Na propriedade rótulo de dados, vamos em Exibir unidades > Automático
  • Na propriedade rótulo de dados, vamos em Casa decimais > 3
  • Para colocar a formatação de moeda, vamos clicar na medida (lado direito) > Guia Ferramentas da medida > Formatação > Seta para baixo no cifrão > Escolher “R$ Português (Brasil)”

Com isso conseguiremos ver a nossa medida com a personalização:

Funções Básicas no Power BI

OBS: Assim como fizemos para a medida de Receita Líquida, vamos copiar o cartão (com a formatação já pronta), e apenas levar a medida pronta para a propriedade “Campos” do cartão.

OBS2: Cada medida monetária deverá ter sua formatação modificada, conforme citado acima nas etapas, porque a cópia do cartão não faz a medida ser modificada para moeda (o formato de moeda é uma propriedade da medida, não do cartão)

Visualizações para observar as medidas

Para visualizar realizar uma análise de receita líquida por marca das vendas dessa empresa, precisamos incluir uma nova visualização.

  • No cardápio de visualizações (guia de Relatório), vamos criar uma matriz dessa vez.
  • Nas suas propriedades, vamos arrastar a nossa coluna de “Marca” para as Linhas, e a medida criada de “Receita Líquida” para o campo de Valores do cartão.

Observe abaixo os cartões e a visualização criada de matriz:

Funções Básicas no Power BI

Podemos, a partir dessa visualização, clicar em alguma marca, no interior da matriz, para visualizar as informações destacadas de apenas uma marca.

Além disso, os cartões que contém as informações de outras medidas/cálculos feitos serão recalculados, a partir desse clique/filtro feito.  Observe os novos valores a seguir quando clicamos na marca “Ford”:

Funções Básicas no Power BI

OBS: E se eu incluir mais dados na minha base em Excel?

O interessante de fazer esse tratamento todo no Power BI é garantir que, ao adicionarmos mais dados na planilha do Excel, mantendo aquele padrão de preenchimento no Excel, teremos com apenas um clique no Power BI todo o tratamento de dados feito nessas etapas.

Assim, como mostrado no vídeo, com apenas um clique conseguimos atualizar os dados da tabela do Excel, e, se tivéssemos gráficos prontos, eles também seriam atualizados.

Conclusão das Funções Básicas no Power BI

Nessa aula de funções básicas no Power BI você aprendeu a lidar com:

  • Medidas no Power BI
  • Fórmulas no Power BI como SUM, ROUND, AVERAGE, COUNT, DISTINCTCOUNT
  • Colunas no Power BI
  • Cartões no Power BI
  • Matriz no Power BI

Até o próximo post, pessoal! Fique ligado no nosso canal do Youtube para mais conteúdo de Excel, VBA Power BI! Um abraço!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso gratuito?


Quer participar do maior evento de Power BI da América Latina de forma 100% Online e Gratuita? Inscreva-se abaixo!