Blog

Postado em em 8 de setembro de 2022

Conheça 7 frameworks incríveis de Python e como usá-los

framworks python

Se você precisa desenvolver alguma aplicação, tem uma deadline a cumprir e precisa usar uma linguagem moderna, uma boa dica é adotar os frameworks de Python. 

Com eles, você não perde tempo e garante ótimos resultados.

A grande vantagem dessas ferramentas é assegurar que a filosofia do Python seja cumprida à risca: códigos simples, leves, rápidos e eficientes. 

Sobretudo, eles ajudam em diversas tarefas: desenvolvimento web, desenvolvimento front-end, bem como Data Science.

Assim, você não precisa reinventar a roda ao desenvolver sistemas e soluções de software. Entenda melhor como isso funciona com os tópicos a seguir.

O que é um framework no Python?

Essa palavra-chave tão importante no mundo tech pode confundir muitas pessoas. Contudo, nos próximos parágrafos, vamos esclarecer para você.

Um framework Python é uma coleção de códigos prontos que operam funcionalidades específicas para quem precisa. É como uma peça pronta que é comprada para ser inserida em um projeto de automóvel e cumprir uma função que cumpriria em qualquer outro modelo.

É um conjunto de pacotes e módulos, mais completo do que uma simples biblioteca, por exemplo. Requer uma produção orientada a eles, de acordo com a finalidade principal.

Ou seja, daí já tiramos uma conclusão: frameworks padronizam a produção, pois trazem os mesmos elementos e códigos já feitos. São ideais para produção de software em escala, como se demanda hoje no mercado.

Trazem também configurações prontas para facilitar o desenvolvimento. Ademais, abstraem uma série de questões mais técnicas para que o desenvolvedor foque em outros elementos e mais na lógica deles.

Um aspecto interessante acerca de frameworks é a sua documentação. É uma base de conhecimento com questões relevantes acerca do funcionamento do framework, de sua inserção em um projeto e mais. 

Assim, ajuda a quem precisa de informações práticas sobre como usar aquele conjunto de códigos.

Além disso, temos a comunidade de cada framework. Consiste em um grupo de desenvolvedores que usam a tecnologia e que se ajudam na solução de dúvidas. Quanto maior a comunidade, mais soluções você encontra e menos tempo perderá. 

Por que usar frameworks ao programar?

Um dos pontos é o famoso reuso de código. Trata-se de um princípio fundamental na Engenharia de Software para que programadores não percam muito tempo tentando reinventar a roda ou recriar funções mais simples e básicas.

O princípio é: se algo é padrão para vários sistemas, ele pode ser reusado de um projeto para outro. (então, por que não criar pacotes e módulos compilados para esses usos? Para isso servem os frameworks.)

Um bom exemplo no desenvolvimento web é o formulário. Trata-se de um elemento que está presente em muitos sites, de diferentes fins. Então, é normal que eles sejam compilados para um framework, de modo a agilizar o trabalho dos devs.

por que usar frameworks ao programar

Outro fator que demonstra a necessidade de um framework é a praticidade. Essas coleções de códigos prontos tornam o processo de produção mais simples e direto. 

Sempre que precisar de uma funcionalidade, o programador já vai no framework devido, sem perda de tempo.

Além disso, eles são recursos que ajudam a gerar solidez em um projeto. 

Caso o desenvolvedor busque desenvolver do zero uma solução, ele poderá acabar criando algo sem consistência, que seja falho ou inefetivo, mesmo que funcione em um primeiro momento.

Já os frameworks são códigos padronizados e utilizados em massa. Muitos deles contam com comunidades que ajudam a reforçar os códigos contra falhas, de modo a torná-los mais seguros e eficientes. Assim, acrescentam solidez e qualidade.

Além disso, são sinônimo de modernidade e de variedade de recursos. No mercado vemos muitos padrões e tendências que são conseguidas apenas com frameworks. 

7 frameworks de Python para diferentes usos

A seguir, você vai conhecer 7 frameworks Python poderosíssimos para melhorar seus resultados.

1. BotCity

O BotCity é uma opção de framework para automação de tarefas em Python, com o apoio de robôs. Ou seja, está associado ao RPA (automação robótica de processos). 

Em suma, ele ajuda a executar tarefas mais simples e repetitivas sem o esforço humano. Assim, você ganha tempo para outras tarefas mais relevantes e torna a cadeia de operação mais eficiente e produtiva. 

2. Flask

Esse é um framework Python para web que busca simplificar e flexibilizar o processo de produção. Por isso, o Flask é chamado de micro framework, inclusive. 

Com ele, você consegue configurar roteamento, controle de sessão em sites, testes unitários, controle de erros e outras funções.

3. Django

O Django é uma opção mais robusta para desenvolvimento web, sendo um dos concorrentes do Flask. Possui uma ótima documentação para ajudar em questões e dúvidas do dia a dia. 

Permite controlar autenticação, roteamento de URLs, interface de dashboards, cache, otimização de endereços URLs e muito mais.

4. Web2py

O Web2py é um framework Python especializado em banco de dados. Busca agilidade e segurança para projetar coleções úteis e consistentes. Permite trabalhar com validação de formulários, autenticação, upload de arquivos e outras funções.

5. CherryPy

Esse possibilita orientação a objetos, com agilidade e flexibilidade. É um framework flexível e minimalista que diminui o tempo de produção com bastante reuso e códigos simples.

6. Bottle

É um micro framework para criação de APIs e para interconectar servidores e aplicações. Por sua simplicidade, é bastante usado para aprendizado por pessoas iniciantes no mundo do Python.

7. Kivy

Esse framework é especializado em desenvolvimento mobile. É gratuito, rápido e flexível, sendo adaptável a diferentes tipos de sistemas e linguagens mobile. 

Além disso, apresenta uma grande comunidade, o que significa maior solução de dúvidas e cooperação entre os programadores.

Conclusão – Frameworks Python

Frameworks python para web ajudam bastante a agilizar o desenvolvimento e a simplificar o processo de produção como um todo. 

Além disso, geram consistência e qualidade no produto final, já que são códigos padronizados e testados por centenas e milhares de desenvolvedores.

Esse aspecto comunitário, que é tão importante no mundo tech, ajuda a cada programador a obter os resultados que deseja. Programar com frameworks no mercado hoje é crucial.

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Python, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Python com um minicurso básico gratuito?

Quer sair do zero na linguagem de programação que mais cresce no mundo? Inscreva-se gratuitamente no Intensivão de Python!