Blog

Postado em em 20 de setembro de 2019

Ações no Excel – Como fazer análises da bolsa de valores no Excel

Nessa publicação vou te ensinar a criar uma análise de ações no Excel, ou seja, vamos criar indicadores que nos ajudam a entender algumas variações da bolsa!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo!

Para baixar a planilha utilizada nessa aula clique aqui!

O que é a Bolsa de Valores?

A bolsa de valores é um ambiente de negociação no qual investidores podem comprar ou vender seus títulos emitidos por empresas, sejam elas com capitais públicos, mistos ou privados. Esse processo é intermediado com auxílio de correspondentes de negociações através de corretoras.

Para ter uma ideia mais clara do que é a bolsa, é possível fazer uma analogia. Imagine uma feira, onde produtores expõem seus produtos para a clientela comprar. A bolsa de valores opera de forma semelhante: se você decide vender uma ação e outro investidor tem interesse em comprá-la, ela será o ponto de encontro entre vocês.

O objetivo principal é configurar um ambiente seguro e organizado para essas negociações. Dessa forma, garantir que os investidores recebam as ações compradas de maneira eficiente e segura e que as transações sejam rápidas e práticas.

Fonte: https://www.btgpactualdigital.com/blog/investimentos/tudo-sobre-bolsa-de-valores

 

Como criar uma análise de Ações no Excel?

Para começar a fazer a análise dos dados vamos começar com os dados iniciais da aba Base BOVA11.

 

Dados inicias da BOVA11

Dados inicias da BOVA11

 

Esses são os dados que temos inicialmente, e a partir deles vamos criar uma análise mais detalhada de todos eles. Para isso serão adicionadas algumas colunas e utilizadas algumas fórmulas para obter essa análise mais completa.

O primeiro passo é criar uma coluna de Variação %, para que seja possível verificar a variação percentual da cotação de um dia para o outro.

Nesta coluna vamos utilizar uma fórmula simples para descobrir a porcentagem que variou podendo ser positiva ou negativa, vamos começar da segunda célula, pois a primeira representa o primeiro valor e ele não será comparado a nada. Fórmula =B3/B2 – 1, lembrando que essa coluna deverá ser formatada como percentual.

 

Variação das Ações no Excel

Variação das Ações no Excel

 

Como não temos valor inicial de variação vamos começá-lo com 0. Após escrever a fórmula na segunda célula basta dar um clique duplo no quadrado verde no canto direito inferior da célula para que a fórmula seja copiada para todas as células.

Agora serão adicionadas mais duas colunas, a primeira delas é de Ano, ou seja, vamos pegar o ano da data que já temos utilizando a fórmula ANO. A segunda coluna a ser criado é Dia da Semana, para essa será utilizada a fórmula DIA.DA.SEMANA, mas será feita uma alteração depois, pois essa fórmula retorna um número e não o dia da semana em si.

 

Inserindo as colunas de ano e dia da semana

Inserindo as colunas de ano e dia da semana

 

O procedimento para estender as fórmulas para todas as outras células é o mesmo. Agora vamos organizar os dados da coluna E para que fiquem com os nomes dos dias da semana. Para isso é necessário selecionar todos os dados, para isso basta clicar na célula E2 e utilizar o atalho CTRL + SHIFT + SETA PARA BAIXO.

Ao selecionar toda a coluna vamos abrir a janela de formatação com o atalho CTRL + 1 e dentro dela selecionar a opção Personalizado. Dentro dessa parte vamos colocar no tipo dddd, desta forma vamos ter os nomes dos dias da semana nas células que foram selecionadas.

 

Alterando o formato das células de dia da semana utilizando a formatação personalizada

Alterando o formato das células de dia da semana utilizando a formatação personalizada

 

Feito isso teremos o seguinte resultado.

 

Variação das Ações no Excel por Dia da Semana

Variação das Ações no Excel por Dia da Semana

 

Para melhorar a visualização desses dados vamos fazer algumas modificações na parte de formatação. Utilizando a parte de fonte, alinhamento e número do Excel para isso.

 

Painel para formatação dos dados

Painel para formatação dos dados

 

Após fazer as modificações de acordo com o gosto do usuário essa é uma opção de resultado.

 

Tabela formatada para melhor visualização

Tabela formatada para melhor visualização

 

Essas formatações são feitas para que os dados fiquem dispostos de uma melhor forma para que sejam analisados, não fica desorganizado e os cabeçalhos ficam destacados para verificar qual dado aquela coluna representa.

Para a utilização da opção de bordas é possível selecionar todos os dados utilizando o atalho CTRL + SHIFT + BARRA DE ESPAÇO, isso irá economizar muito tempo caso o usuário queira selecionar com o mouse.

Mais um detalhe importante, como temos uma tabela com muitos dados, a medida em que vamos descendo para observar os outros dados os cabeçalhos ficam lá em cima e ficamos sem referência do que significa cada coluna, para isso vamos ir até a guia Exibir no menu de congelar painéis e escolher a opção Congelar Linha Superior.

 

Opção para congelar a linha superior e manter o cabeçalho quando descer a tela

Opção para congelar a linha superior e manter o cabeçalho quando descer a tela

 

Desta forma a medida em que o usuário desce na tabela a primeira linha será mantida.

 

Verificando o congelamento na tabela

Verificando o congelamento na tabela

 

Agora serão feitas algumas análises a partir destes dados que foram organizados, para isso vamos colocar na coluna G os dias da semana e na coluna H utilizar a fórmula MÉDIASE para verificar a média da variação de cada um dos dias da semana.

 

Fórmula MÉDIASE para calcular a média de cada dia da semana

Fórmula MÉDIASE para calcular a média de cada dia da semana

 

Em seguida essa fórmula será copiada para as outras células, desta forma teremos as médias das variações de cada dia.

IMPORTANTE: os dados da coluna G são colocados da mesma forma que na coluna E, ou seja, são números que correspondem a esses dias, caso o usuário escreva essa fórmula não irá funcionar.

 

Resultado da fórmula MÉDIASE para todos os dias da semana

Resultado da fórmula MÉDIASE para todos os dias da semana

 

A próxima análise a ser feita é sobre a quantidade de vezes que a bolsa subiu ou caiu e a média desses valores. Para calcular a quantidade que subiu será utilizada a fórmula CONT.SE com o critério de “>=0” enquanto para a quantidade que caiu será utilizada a fórmula CONT.SE com o critério de “<0”.

 

Quantas Ações no Excel subiram

Quantas Ações no Excel subiram

 

Fórmula CONT.SE para a quantidade que caiu

Fórmula CONT.SE para a quantidade que caiu

 

Para a coluna de média de variação será utilizada a fórmula MÉDIASE com os mesmos critérios utilizados na fórmula CONT.SE.

 

A média da variação das Ações no Excel que subiram

A média da variação das Ações no Excel que subiram

 

Fórmula MÉDIASE para a quantidade que caiu

Fórmula MÉDIASE para a quantidade que caiu

 

Agora será feita uma última análise, que será a análise de quantas vezes a variação subiu ou caiu para cada um dos anos analisados e a diferença entre esses valores para verificar se essa variação subiu mais do que caiu.

 

Análise das quantidade que subiu e desceu em cada um dos anos

Análise das quantidade que subiu e desceu em cada um dos anos

 

Para essa análise será utilizada a fórmula CONT.SES, pois serão utilizados dois critérios para essa análise, uma para verificar se subiu ou caiu e o outro para verificar o ano.

 

Quantas Ações no Excel subiram em 2011

Quantas Ações no Excel subiram em 2011

 

Fórmula CONT.SES para obter a quantidade que caiu em cada ano

Fórmula CONT.SES para obter a quantidade que caiu em cada ano

 

Saldo das Ações no Excel

Saldo das Ações no Excel

 

Em seguida basta arrastar as fórmulas para as outras células, desta forma não será necessário escrever diversas vezes a mesma fórmula. Feito isso teremos o seguinte resultado.

 

Resultado final da análise por ano

Resultado final da análise por ano

 

Feito isso temos uma análise mais completa do que tínhamos no início com apenas duas colunas de dados, ou seja, com poucos dados é possível obter diversas informações e ainda facilitar a análise desses dados. E ainda foi possível aprender algumas fórmulas do Excel para criar essas análises.

Caso você queira uma publicação sobre a fórmula CONT.SE, acesse: https://www.hashtagtreinamentos.com/formula-cont-ses-como-usar-a-funcao-cont-ses-no-excel/

Nosso curso de excel funciona para qualquer um, desde a pessoa que não sabe absolutamente nada de Excel até aquela pessoa que quer aquele algo a mais para impressionar!


Quer aprender tudo de Excel para se tornar o destaque de qualquer empresa?


Aprenda a se destacar na sua empresa apenas com o Excel! Na Jornada do Excel vamos te ensinar a impressionar com as suas planilhas!