Blog

Postado em em 24 de maio de 2022

Dicas para Criação de Bancos de Dados – 7 Dicas Incríveis!

Hoje eu quero te mostrar 7 dicas para criação de bancos de dados, pois normalmente nós já temos esses bancos prontos para trabalhar!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber por e-mail o(s) arquivo(s) utilizados na aula, preencha:

7 Dicas para Criar Bancos de Dados

Você já deve ter notado que na grande maioria dos casos e projetos você já tem banco de dados prontos.

Mas em alguns casos você tem que criar esses bancos do zero, por isso eu quero te mostrar como criar bancos de dados!

Dicas para Criação de Bancos de Dados

Como você já deve saber um banco de dados é um conjunto de tabelas que armazenam informações e possuem relações entre si.

Como disse anteriormente, é muito comum já ter esses bancos de dados prontos e por esse motivo não exercitamos a criação desses bancos.

Agora vamos as dicas!

Dica 1 – Pense nas análises que você precisará fazer com o banco de dados

A ideia é que você já tenha em mente quais as informações que precisa guardar para análises futuras.

É importante que esses dados te ajudem nessas análises, então pense bem em quais informações precisa armazenar.

Dica 2 – Não armazene dados demais nas suas tabelas

Isso complementa a dica anterior, você sabendo das informações que precisa, não há necessidade de inserir informações desnecessárias.

Mas se por algum motivo você de fato precisar armazenar muitas informações porque serão necessárias pode seguir a dica 3.

Dica 3 – Crie várias tabelas no banco de dados

A ideia é que você tenha várias tabelas para organizar suas informações. Não tente criar uma única tabela para encher ela de informações.

Isso vai deixar a tabela muito grande e muito confusa, então você não só pode como deve separar as informações em tabelas, até para facilitar suas análises.

Dica 4 – Lembre-se de que as tabelas do seu banco serão relacionadas

Por isso é interessante criar mais de uma tabela, pois essas informações terão dados em comum para se relacionarem e isso ajuda a puxar as informações que precisa.

Em um banco de vendas por exemplo você pode ter uma tabela para clientes e uma tabela para vendas, mas pode ter o ID da venda como uma informação em comum que relaciona as duas tabelas.

Dica 5 – Dê nomes intuitivos e simples para suas tabelas

Dessa forma fica muito mais fácil saber o conteúdo delas e do que se trata cada uma das tabelas. Assim você não precisa ficar toda hora olhando o conteúdo para saber o que tem em cada tabela.

Além disso vai facilitar a todas as pessoas que precisem utilizar esse banco de dados, pois nomes intuitivos já facilitam muito o entendimento do conteúdo da tabela.

Dica 6 – Cada coluna da tabela de ser de um tipo único

Como assim tipo único? Vamos supor que você tenha uma coluna de idade dos vendedores, por exemplo. Nessa coluna a informação de idade será um número inteiro.

Isso quer dizer que não podemos ter textos, datas ou números decimais nessa mesma coluna.

O mesmo vale para todas as outras colunas. Isso é muito importante para que seus dados sejam classificados e lidos da forma correta, então teremos um único tipo por coluna.

Dica 7 – Pratique a criação de bancos de dados e tabelas

É muito importante essa parte para que você pegue prática e saiba quais as informações deve colocar em cada uma das tabelas para ter suas análises.

Você pode pensar em uma empresa conhecida como Netflix, Magazine Luiza, Chevrolet, Apple… e a partir de uma dessas empresas ou uma fictícia se quiser, você pode dar início a criação do banco de dados.

Então vai verificar quais as informações você precisa armazenar, quais informações não seriam úteis dentro do seu banco de dados, como você iria separar suas tabelas, quais os nomes de cada uma das tabelas.

E claro, não se esqueça de consultar as dicas anteriores para a criação desses bancos!

Conclusão

Nessa aula eu te mostrei 7 dicas de como criar bancos de dados para que você possa ter uma análise de dados eficiente sem dados desnecessários.

Te mostrei as dicas para criação de tabelas onde você pode e deve ter mais de uma tabela para não acumular diversas informações em um único lugar.

E claro, lembre-se de fazer o armazenamento de informações importantes para que suas análises possam ser feitas de forma correta!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de SQL, clique aqui!


Quer aprender mais sobre SQL com um minicurso básico gratuito?


Quer sair do zero em Excel e virar uma referência na sua empresa? Matricule-se agora mesmo no Excel Impressionador!