Blog

Postado em em 18 de março de 2022

Dicas Para Apresentações – Não Erre Mais e Impressione!

Hoje eu vou te dar algumas dicas para apresentações para você não errar mais na hora H e impressionar nas próximas apresentações!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Dicas para Apresentações

Fala, Impressionadores! Hoje nós vamos ter uma aula diferente para que eu possa te dar algumas dicas para nunca mais errar na apresentação.

Muitas pessoas cometem alguns erros na hora da apresentação de trabalhos ou até mesmo uma apresentação no trabalho.

Então eu quero te dar algumas dicas de apresentações para que você entenda como apresentar melhor seus slides e o que você pode fazer para deixá-los ainda melhores!

A apresentação de slides precisa ser limpa é importante que o texto seja apenas em tópicos e não exatamente o que você vai falar.

A quantidade de fontes no slide devem ser de no máximo 3 fontes diferentes para não virar uma bagunça.

Outro ponto muito importante são as cores, não é pra fazer um arco íris na sua apresentação, tente utilizar poucas cores que se combinem e já tenham relação com a logo da empresa ou algo do tipo.

A questão de gírias na apresentação ou até mesmo termos mais técnicos precisa ser analisado anteriormente, pois vai depender do seu público. É importante que na sua apresentação todos consigam entender o que você quer explicar!

Dica 1) Você e sua apresentação

Parta do princípio que você é imprescindível na apresentação.

Nada mais chato do que o apresentador apenas ler o slide, correto? Então parta desse princípio, de que o slide complementa a sua fala, resumindo ou mostrando a ideia apresentada durante a apresentação.

Colocar tudo o que você vai falar nos slides, e apenas repetir torna a sua apresentação chata para o ouvinte/plateia, que passa a entender que você não é mais imprescindível na apresentação. Passam a entender subconscientemente que poderiam ler o conteúdo, apenas.

Dica 2) Menos é mais

Toda vez que for questionar se algo deve entrar ou não na apresentação, pense: menos é mais.

Essa dica é complementar à anterior, e te faz pensar que você deve resumir conteúdos, frases e apresentar um slide sucinto. Assim, você expõe suas ideias de forma verbal, explica melhor e mais sobre o que está escrito de forma resumida.

Concentre-se em três pontos principais:

  • Texto: resuma os textos em tópicos, ou frases mais curtas, que possam te fazer alusão ao que vai falar, e induza o leitor/plateia às ideias
  • Fonte: não use uma grande diversidade de fontes, porque isso vai confundir os leitores/plateia que vai ver a sua apresentação. Use no máximo 3 fontes diferentes (título, tópico e descrição, por exemplo)
  • Cores: fique atento às cores usadas de fundo, ou lembre-se das cores do logo da empresa, ou do evento que você vai representar ou para quem você apresentará aquele conteúdo. Escolha uma referência que faça sentido, e siga a paleta de cores específica. Isso aumentará o engajamento do público.

Dica 3) Gírias, jargões e siglas

Muito cuidado com gírias, jargões e siglas.

Conheça bem o seu público a ponto de evitar usar gírias ou jargões que eles não conhecem, ou que sejam ofensivos ou deixem duplo sentido em alguma situação.

Cuidado no uso de siglas para um público iniciante em algum assunto, ou que não esteja familiarizado com o tema.

Use apenas siglas que você explique em sua fala, ou coloque explicitamente o que significa no slide.

Dica 4) Storytelling

Escolha uma história que faça sentido para o público.

Uma história com início, meio e fim, que tenha verossimilhança e se encaixe no “mundo” da plateia é sempre bem-vinda.

Encadear fatos que se encaixem numa contagem de história válida é o objetivo. Mentalmente o público junta as partes da apresentação/história contada e vê que o que você que apresenta faz sentido.

Assim, a aceitação do que está sendo apresentado fica mais “fácil”, e mantém o público preso naquela contagem de fatos.

Dica 5) Linguagem corporal

Preste atenção na sua forma de vestir. Para que público irá apresentar?

Para executivos, para alunos, se é um curso, se é um papo informal: o intuito da apresentação, e o público estão diretamente ligados à sua roupa para apresentar. Pense como o público estará vestido, e como vão esperar que você esteja vestido.

Fique atento também aos movimentos com as mãos, que podem direcionar a plateia para algum detalhe do slide, ou chamar atenção para alguma ideia que você esteja falando.

Outra dica dentro dessa dica 5 é o movimento corporal: não fique se movimentando o tempo inteiro, ou andando de um lado pro outro. Movimente-se apenas quando necessário ou quiser mostrar algo específico, senão você será entendido como nervoso ou impaciente, ou provocará distrações.

Dica extra) Pratique!

Essa dica é simples: a prática leva à perfeição.

Quanto mais treinar, e mais conhecimento tiver sobre os temas apresentados, mais fluida e “natural” será a apresentação.

A segurança e a forma de falar são imprescindíveis para uma boa apresentação. Praticar é um caminho interessante para te tornar mais confiante no que está sendo falado, além de dominar o tema.

Conclusão das Dicas para Apresentações

Nessa aula você viu sobre:

  • Como apresentar melhor seus slides
  • Dicas para apresentar slides
  • Como melhorar suas apresentações
  • Storytelling
  • Gírias na apresentação

Até logo, Impressionadores! Fique ligado no nosso canal do Youtube para mais conteúdo de PowerPoint toda semana!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de PowerPoint, clique aqui!


Quer aprender mais sobre PowerPoint com um minicurso gratuito?


Quer sair do zero na linguagem de programação que mais cresce no mundo? Inscreva-se gratuitamente no Intensivão de Python!