Blog

Postado em em 9 de setembro de 2020

Relacionamentos no Power BI: Para que servem?

Relacionamentos no Power BI

Nesse post vou te explicar o que são os Relacionamentos no Power BI, como utilizá-los e qual a utilidade deles em seus relatórios!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

O que são Relacionamentos no Power BI?

Ter um relacionamento no Power BI significa criar uma relação entre as tabelas que estão ali importadas. Ou seja, criar uma conexão entre elas.

Para que servem?

Servem para fazer com que os dados das tabelas conectadas conversem, e seja possível trabalhar com as duas tabelas mesmo estando separadas, mas como se fossem uma só, onde uma complementa a outra.

Como fazer essa relação entre tabelas no Power BI?

Inicialmente no nosso exemplo teremos três tabelas já inseridas no Power BI, a partir de passos que já vimos em posts anteriores. São elas: BaseVendas, CadastroClientes e CadastroProdutos.

Na tabela de BaseVendas nós temos informações de vendas com SKU, Quantidade Vendida, Loja, Data da Venda e Código Cliente.

Na tabela de CadastroClientes temos informações particulares dos clientes com Código Cliente, Sexo, Data de Nascimento, E-mail, Nome Completo, Idade, Faixa de Idade.

Na tabela de CadastroProdutos temos informações específicas dos produtos da empresa com SKU, Produto, Marca, Categoria, Preço Unitário, Custo Unitário.

Repare que essas tabelas são complementares, de forma que as tabelas de clientes e de produtos complementam a tabela de vendas com informações específicas dos produtos comprados e dos clientes que compraram naquela venda específica.

É para isso que servem os relacionamentos, para fazer essa junção das informações dessas tabelas complementarem, ou fazerem elas conversarem.

1) Resumo de Vendas por Produto

Iremos criar uma matriz na primeira guia do Power BI, a de Relatórios.

Inserir em Valores a coluna de Quantidade Vendida e em Linhas iremos inserir a coluna de Produto, que tem o nome dos produtos.

Inicialmente nós teremos o total de 71442 de Vendas (somatório de quantidades vendidas).

Vamos então tentar filtrar esse total pelos produtos inserindo o nome dos produtos (que é dado pela coluna de “Produto”) no campo de Linhas da matriz. Veja abaixo o resultado dessa matriz:

Relacionamentos no Power BI

Relacionamentos no Power BI

 

Apesar de termos a matriz, com as linhas tendo os nomes dos produtos, repare que a quantidade vendida de cada produto ainda permanece com o total calculado anteriormente de 71442.

Deveríamos ter cada categoria de produtos com a sua quantidade respectiva de venda (menor que 71442, obviamente, para cada produto). Ou seja, o filtro de produtos não conseguiu ser efetivo para essa visualização. Mas por que?

Porque estamos falando para o Power BI juntar informações de tabelas separadas, que não estão conversando entre elas. Ou seja, não existe nenhuma relação entre elas criada, e com isso, os valores e dados das duas não conseguem ser entendidos pelo Power BI numa mesma visualização, pois para ele isso não faz sentido.

É aqui que vamos passar para o Power BI que queremos que essas tabelas conversem entre si, e uma interprete os dados das outras. Mas como? Criando uma relação entre tabelas no Power BI.

Para fazer isso, devemos ir na terceira guia do Power BI, a chamada guia Modelo, e observar nossas tabelas de interesse para serem conectadas (relacionadas). Repare que queremos criar uma relação entre a coluna de Quantidade Vendida (BaseVendas) e a coluna de Produto (CadastroProdutos). Repare que inicialmente não existe nenhuma conexão entre as tabelas:

Relação Entre Tabelas

Relação Entre Tabelas

Tabela Fato x Tabela Dimensão (Característica)

Tabela fato é a tabela no Power BI com uma quantidade enorme de linhas, e que representa os fatos de uma empresa, que podem se repetir ou não. A tabela dimensão é a tabela que vai auxiliar a tabela fato com dados complementares ou explicativos, e que possui informações que não se repetem.

Com isso, inferimos que a tabela de vendas, por ter linhas que se repetem, e apresentam os fatos da empresa, é a nossa tabela fato. As outras tabelas são as nossas tabelas dimensão (informações de clientes que compram e dos produtos vendidos naquela empresa).

Para criar relacionamentos entre essas colunas, devemos em cada quadrado (que representa cada tabela) procurar os nomes das colunas correspondentes.

OBS1: As colunas NÃO precisam ter os mesmos nomes, apenas informações correspondentes (tipos de informações que estejam nas duas colunas). No nosso exemplo, para facilitar a visualização, temos as colunas com nomes iguais.

Então, para criar os relacionamentos, devemos clicar em uma das colunas, segurar e arrastar até o local dessa mesma coluna na outra tabela, e “soltá-la”.

Após isso, o Power BI mostrará uma conexão entre os quadrados, que, ao passar o mouse em cima, mostrará uma conexão direta entre as colunas. A partir dela, será possível buscar informações da tabela auxiliar (dimensão) para serem usadas na principal (fato).

Veja a conexão feita (e o mouse em cima dela, destacada):

Tabela Fato no Power BI

Tabela Fato no Power BI

 

OBS2: Não faz diferença de qual tabela (fato ou dimensão) você irá arrastar para fazer a conexão, tanto da primeira para segunda quanto da segunda para a primeira, a conexão funcionará.

OBS3: Por convenção para melhor visualização, não obrigatoriedade, colocamos as tabelas fato no “andar” abaixo das tabelas dimensão.

Com as conexões feitas da forma correta, voltamos à guia de Relatórios do Power BI, e vemos que a matriz está perfeita, com os filtros funcionando, justamente porque agora temos os relacionamentos feitos entre as tabelas, que conseguem acessar informações para complementar as análises. Assim, temos as quantidades vendidas para cada tipo de produto, como queríamos no começo. Veja abaixo:

Matriz

Matriz

2) Resumo de Vendas por Faixa de Idade

Queremos também fazer um resumo de vendas por faixa de idade, para entender qual faixa etária compra mais na nossa empresa. Para isso iremos, assim como no passo 1 do post, na guia de Relatório do Power BI, e criar uma visualização de matriz.

Vamos inserir em Valores a coluna de Quantidade Vendida e em Linhas iremos inserir a coluna de Faixa de Idade, que tem o nome dos produtos.

Relacionamentos no Power BI

Relacionamentos no Power BI

Até aqui temos o mesmo problema da questão 1. Agora, vamos criar um relacionamento entre a tabela de BaseVendas (coluna de Quantidade Vendida) e a de CadastroClientes, onde está a informação de Faixa de Idade. Temos então que acessar a terceira guia do Power BI (Modelo). Veja abaixo:

Tabela Características no Power BI

Tabela Características no Power BI

Vemos que, criando o relacionamento, ao retornar na guia de Relatório, teremos a nossa matriz da forma correta:

OBS4: Criei o relacionamento entre colunas erradamente. E agora? Como excluir relação no power BI? Você pode clicar com o botão direito do mouse em cima da linha que conecta as duas tabelas. Em seguida irá optar por Excluir, e Excluir. E pronto.

Assim demonstramos para que servem os relacionamentos no Power BI com dois exemplos práticos. Para tirar máximo proveito da tabela fato e tabela dimensão no Power BI devemos entender bem os seus conceitos e quando devemos usá-las em conjunto, ou seja, relacioná-las. Na situação perfeita, elas conversarão e se complementarão para melhores análises dos dados.

Fique ligado no nosso Blog para mais conteúdo de Power BI e no nosso canal do Youtube para mais vídeos. Ficamos por aqui!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso gratuito?


Intensivão de Power BI
28/09 a 01/10
100% Online e Gratuito