Blog

Postado em em 16 de dezembro de 2020

Problemas Comuns Do Power Query: Quais São e Como Resolver

Vou te mostrar quais um compilado de problemas comuns do Power Query e o que fazer em cada situação para resolver esses problemas!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Como usar o editor de consultas do Power BI para resolver problemas comuns?

Para fazer modificações na nossa planilha base, devemos aprender como usar Power Query. Mas primeiramente devemos entender bem o arquivo que servirá de base para o nosso relatório final.

No nosso exemplo, vamos usar uma planilha do Excel que possui informações de um relatório de vendas de uma determinada empresa, para entender como resolver problemas no Power Query.

Essa planilha possui as informações de cada funcionário, com as colunas contendo SKU, Quantidade Vendida, Loja, Data da Venda, Cliente, CPF, RG, Observação.

Vamos então importar essa planilha do Excel para o Power BI, utilizando o botão de Obter Dados na guia Relatório do Power BI, optando pela opção de Excel, e procuraremos o arquivo que servirá de base para o relatório. Ao escolher, teremos uma nova caixa e vamos que selecionar a aba a ser carregada (em 1), veremos sua pré-visualização (em 2).

Vemos que esse arquivo importado só tem uma aba (Planilha1), e, como temos o intuito de tratar tabelas no Power BI para tirar informações extras dela, precisamos abrir o Power Query, clicando em Transformar Dados (em 3, acima), e logo se abrirá o ambiente temporário do Power BI (repare que ele não é o Power BI).

Nesse momento o arquivo será carregado e automaticamente irá ser aberto o Power Query, o ambiente temporário do Power BI em que iremos fazer os tratamentos.

1) A primeira modificação é alterar o nome da planilha importada para dar um nome intuitivo, caso sejam importadas várias planilhas para o Power BI, para identificá-la ou diferenciá-la. No nosso exemplo iremos mudar o nome padrão de Planilha1 (nome da planilha/aba do arquivo em Excel) para BaseVendas.

Para isso, iremos na guia aberta à direita, “Config. Consulta”, e iremos simplesmente apagar o “Planilha1”, digitar o “BaseVendas” e dar Enter. E pronto.

2)  Se atente para o fato de as colunas estarem com os cabeçalhos corretos, ou se os cabeçalhos não foram trazidos da forma correta. Repare que os cabeçalhos corretos estão na linha 2, e a linha 1 é uma linha toda vazia (null), no nosso exemplo.

Para corrigir esse pequeno problema, caso aconteça, você pode ir em Página Inicial > Reduzir Linhas > Remover Linhas > Remover Linhas Em Branco, um pouco acima da coluna “Column3”, como mostrado no vídeo.

Em seguida, para colocar nova primeira linha como nosso cabeçalho deveremos ir em Página Inicial e clicar na opção de “Usar a Primeira Linha como Cabeçalho”, logo acima da “Column5”, e como mostrado no vídeo.

OBS: no Power Query não existe Ctrl+Z! Então, para desfazer um passo feito, deveremos procurar pela etapa a ser desfeita nas Etapas Aplicadas (à direita), e apertamos no X vermelho à esquerda da etapa realizada. Pelo exemplo, o cabeçalho voltaria a ficar na linha 1 (de forma errada) caso clicássemos no X na etapa de “Cabeçalhos Promovidos1”.

3) Repare que a coluna de CPFs não manteve os CPFs originais, e apagou os zeros à esquerda dos CPFs que começam com “0”, “00” … e assim por diante. Isso aconteceu porque o Power BI automaticamente classificou os tipos das colunas quando promovemos o cabeçalho da forma correta na etapa anterior.

Repare que uma etapa chamada “Tipos Alterado1” foi criada, por último.

Para desfazer isso, faremos o que foi pontuado na OBS anterior. Apertaremos no X dessa etapa, e faremos manualmente as categorizações.

Fazendo isso, veja que os CPFs voltaram ao normal, sem “perder” os zeros e várias estão classificadas como geral/sem tipo (ABC 123). Agora classificaremos cada coluna dessas da melhor forma.

CPF: texto

Quantidade Vendida: número inteiro

Data da Venda: data

RG: número inteiro

4) Um problema muito comum no Power BI é fazer modificações na planilha do Excel que serve de base para os nossos dados no Power BI.

Após qualquer mudança na planilha no Excel, devemos atualizar a visualização no Power BI, para que ele puxe o arquivo mais atualizado.

Uma coisa comum é mudar o nome da aba do arquivo no Excel, e esquecer que isso pode afetar o Power BI. Se mudássemos o nome da aba, aconteceria o seguinte erro no Power BI:

Problemas Comuns Do Power Query
Problemas Comuns Do Power Query

Para corrigir isso, devemos ir na etapa de “Navegação”, e mudar o nome da nossa aba para a nova (“Vendas”): repare que o nome antigo permanece, por isso ele não “acha” a fonte. Mudando esse nome e dando Enter, vemos que o erro desaparece, e clicando na última etapa, voltamos ao ponto que estávamos. Vamos Fechar e aplicar.

5) Caso alguém mude o arquivo de base (planilha) de local ou de nome, deveremos dizer para o Power BI qual é o “novo caminho” daquela planilha. Se não, a partir de qualquer atualização de visualizações para carregar novos dados dará erro de “Não foi possível localizar o arquivo”.

Para solucionar esse problema muito comum, precisamos ir em Página Inicial > Trasnformar dados > Configurações da fonte de dados > Alterar Fonte > Procurar… > Achar a planilha no seu computador > OK > Fechar > Atualizar.

6) Inserir um dado na planilha de Excel de forma que o tipo seja diferente da coluna que foi configurada no Power BI.

No exemplo do vídeo preenchemos a linha para o “João Paulo” e colocamos no RG a informação de um número qualquer com final X. Isso quer dizer que, ao importar essa informação, o Power BI vai tentar converter isso num número, e não vai conseguir, porque existem números e textos na mesma célula do Excel. E vai acontecer o seguinte erro:

Como Resolver Problemas No Power Query
Como Resolver Problemas No Power Query

Devemos ir em “Exibir erros” para ver onde está o erro de fato, e podermos corrigir no Power BI (ou no Excel). No caso vamos ver como corrigir no Power BI para que esse dado seja mostrado.

Para isso, devemos ir avançando da primeira etapa até a última para ver onde o erro foi encontrado. Ao achar a etapa, que no caso é a última, de “Tipo Alterado1”, devemos ler o que está escrito na fórmula dessa etapa.

Vemos que o tipo da coluna de RG está como “Int64.Type”, que indica que essa coluna está classificada como número inteiro. Devemos simplesmente apagar isso, copiar e colar o que está escrito na coluna de CPF, que é “type text”, e dar Enter.

E pronto, nossa coluna agora vai retornar todos os valores (até esse esquisito com X no final) porque o Power BI vai entender que essa coluna agora é de texto.

Nessa aula mostramos como lidar com vários problemas comuns do Power Query do Power BI e como você pode resolvê-los, caso se depare com eles em algum momento.

Ficaremos por aqui, acompanhe nosso Blog para mais matérias de Power BI, e nosso canal do Youtube, para mais vídeos. Até a próxima!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Power BI, clique aqui!


Quer aprender mais sobre Power BI com um minicurso gratuito?


Quer receber um minicurso 100% gratuito de Excel? Preencha seu e-mail abaixo!