Blog

Postado em em 5 de março de 2021

Planilhando uma Nota de Corretagem – Bolsa de Valores

Planilhando uma Nota de Corretagem

Nesta aula vamos estar planilhando uma Nota de Corretagem! Isso mesmo, nós vamos te mostrar como fazer esse registro na nossa planilha.

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Estamos na sexta aula da nossa Série Controles para Bolsa de Valores, que vai te mostrar como registrar notas de corretagem, baseada no exemplo mostrado no vídeo.

Nesse post você vai aprender:

  • Como registrar uma nota de corretagem
  • Conceitos dos campos envolvidos na tabela de notas de corretagem

Vale ressaltar aqui que, como comentado no vídeo, o conteúdo não é produzido por especialistas em nenhuma das áreas que envolvam finanças, contabilidade ou da parte tributária.

Vamos pegar uma nota fictícia de exemplo, e preencher a nossa tabela de notas. O resultado ficou resumido abaixo:

Planilhando Uma Nota De Corretagem
Planilhando Uma Nota De Corretagem

Alguns campos que não são apenas de preenchimento da nota de corretagem planilhada, e devem ser calculados:

  • Valor da operação = (Preço) * (Quantidade)
  • Taxas = Somatório de todas as taxas (e coluna de impostos), exceto I.R.R.F. (que não é uma taxa, é um imposto).

OBS: Coluna de impostos é considerada taxa porque é um valor em cima da taxa operacional.

  • Valor Líquido (Compra) = Valor da Operação  +  Taxas
  • Valor Líquido (Venda) = Valor da Operação  –  Taxas

Lembrando que para vendas, a taxa vai ser subtraída do valor da venda, porque elas vão sempre sair do seu bolso (já que o valor da venda é positivo para o seu bolso, o valor da taxa é negativo, não te permitindo ganhar mais).

Já, para compras, a taxa vai ser paga por você para a corretora (pelas ações), que vai penalizar você e te fazer perder mais dinheiro. Por isso, precisamos usar uma fórmula de soma atrelada a uma condição (SE) de Compra (C) Ou Venda (V). Observe abaixo:

  • Valor Líquido (Genérico) = SE([@[C/V]]=”C”;SOMA(Tabela1[@[Valor Operação]:[Taxas]]);[@[Valor Operação]]-[@Taxas])
  • I.R.R.F (Imposto de Renda Retido Na Fonte) = ARRED(0,08* (VALOR PERCENTUAL DA OPERAÇÃO DE VENDA / SOMATÓRIO DE OPERAÇÕES DE VENDA);2)
  • Taxa Liquidação = ARRED(0,91 * (VALOR PERCENTUAL DA OPERAÇÃO / SOMATÓRIO DE OPERAÇÕES);2)
  • Emolumentos =  ARRED(0,10 * (VALOR PERCENTUAL DA OPERAÇÃO / SOMATÓRIO DE OPERAÇÕES);2)

OBS2: IRRF só incide se for em Vendas. Em compras, o valor dele é 0 (zero). Por isso a primeira operação da nossa tabela acima não tem IRRF, e a 2ª e a 3ª sim.

OBS3: Das taxas, apenas mostramos acima as taxas de liquidação e emolumentos. As outras ficaram zeradas, de acordo com essa nota de corretagem específica, que registra compras e vendas na corretora ABCD.

OBS4: Os valores de IRRF, Taxa Liquidação e Emolumentos são calculadas de acordo com a média ponderada do valor total de cada um desses valores. Descobriremos os percentuais dos valores individuais em relação ao total (soma) das operações. Assim, conseguiremos colocar pesos (ponderar) para diferenciar qual operação vai receber uma taxa maior, quando representar maior valor do total.

OBS5: Emolumentos e Taxa de Liquidação não dependem do tipo da operação

Lembrando que, ao final das contas, não precisaremos mais manter as fórmulas de cálculo para as taxas, e copiaremos e colaremos valores, para deixar a planilha mais leve e eficiente.

Apenas manteremos as fórmulas para as colunas em que essas contas não irão variar, nem necessitarão de uma conferência ou uma conta com valores de taxas específicos.

Ou seja, Valor da Operação, Taxas e Valor Líquido sempre serão fórmulas. O resto, serão sempre valores.

Conclusão

Tudo que aprendemos nessa aula, passo a passo, explicação a explicação, deve ser feito em cada cadastro de nota de corretagem. Imagina fazer sempre essas contas ao cadastrar cada nota?

O VBA vem para nos ajudar e muito nessas operações, e faz essas contas de forma automática e muito rápida, ao cadastrar uma dessas notas.

Até o próximo post da série! Fique ligado no nosso canal do Youtube para mais conteúdo de Excel, VBA e Power BI! Um abraço!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de VBA, clique aqui!


Quer aprender mais sobre VBA com um Minicurso Gratuito?


Estão abertas as inscrições para o Programa Completo Excel Impressionador!

Clique no botão abaixo para mais informações: