Blog

Postado em em 12 de agosto de 2021

Função DESLOC no Excel

Nessa aula eu vou te mostrar como utilizar a função DESLOC no Excel, então se nunca usou ou não sabe utilizar eu vou te ensinar!

Caso prefira esse conteúdo no formato de vídeo-aula, assista ao vídeo abaixo ou acesse o nosso canal do YouTube!

Para receber a planilha que usamos na aula no seu e-mail, preencha:

Resumo

Nessa aula eu vou te mostrar como utilizar a função DESLOC que algumas pessoas têm dúvidas ou dificuldades em utilizar essa função.

Então você vai aprender como usar a fórmulas DESLOC no Excel com um exemplo prático para que não esqueça mais!

Como usar a Função DESLOC no Excel

Você já deve ter ouvido falar da função DESLOC ou fórmula DESCLOC no Excel, mas você sabe utilizar essa função?

Se você ainda não ouvir falar dessa função, pode ficar tranquilo que hoje eu vou te mostrar tudo o que precisa saber para você começar a utilizar essa função nos seus trabalhos.

Como usar a Fórmula DESLOC

Essa função como o próprio nome já dá e entender, é uma função para deslocamento, mas não é um deslocamento físico.

Nós vamos conseguir alterar uma referência (seja célula ou conjunto de células), mas como assim?

Vamos supor que a nossa referência é a célula B2, agora se deslocarmos essa célula em 3 linhas e 2 colunas por exemplo, nós vamos chegar até a célula D5.

Então deixa eu te mostrar primeiro a estrutura da fórmula DESLOC:

Função DESLOC
Função DESLOC
  • Ref – é a referência que estamos selecionando (pode ser uma célula ou um conjunto de célula);
  • Lins – é a quantidade de linhas que vamos deslocar (número positivo o deslocamento é para baixo, número negativo o deslocamento é para cima);
  • Cols – é a quantidade de colunas que vamos deslocar (número positivo o deslocamento é para direita, número negativo o deslocamento é para esquerda);
  • [altura] – esse é um argumento opcional, não é necessário, mas vai retornar a altura (em célula) do seu resultado. O que é isso? Vamos supor que no exemplo anterior você coloque a altura igual a 2, isso quer dizer que vamos ter 2 linhas. Então da célula B2 nós vamos ter como resultado as células D5 e D6, pois vamos utilizar agora 2 linhas no resultado;
  • [largura] – também é um argumento opcional e tem a mesma função da altura, mas ao invés de adicionar linhas no resultado, mas colunas.

Então vamos a prática!

Base de dados
Base de dados

Aqui temos nossa base de dados e para exemplificar o que acabei de te explicar vamos fazer 2 exemplos simples.

O primeiro é com a função =DESLOC(B2;3;2) para deslocar 3 linhas e 2 colunas e o outro será =DESLOC(B2;3;2;2;2).

Resultado da função DESLOC
Resultado da função DESLOC

Na célula I3 temos o resultado da primeira fórmula e na célula I5 temos o resultado da segunda fórmula.

Veja que no primeiro exemplo temos apenas o deslocamento normal retornando o que tínhamos visto que é o conteúdo da célula D5.

Só que a segunda fórmula retornou o conteúdo de 4 células, pois colocarmos a altura e largura igual a 2, então vamos ter 2 linhas e 2 colunas de informação.

IMPORTANTE: Esse procedimento só funcionou dessa maneira e mostrou as 4 células automaticamente, pois essa é a versão mais recente do Excel e ele já possui a parte de fórmula matricial automática.

Então estamos retornar o range de D5 até E6. Agora você pode imaginar, mas eu só vou retornar um intervalo?

Não, você pode fazer mais do que isso, você pode deslocar um intervalo inteiro e fazer a soma desses valores, basta colocar essa fórmula dentro da SOMA.

Função SOMA + DESLOC
Função SOMA + DESLOC

Agora o nosso resultado é exatamente a soma dessas células, aí você me pergunta “Tá, mas e como eu aplico isso na prática?”

Simples, vou te mostrar dois exemplos em que podemos facilitar seu trabalho.

Exemplos práticos (SOMA+DESLOC+CORRESP)
Exemplos práticos (SOMA+DESLOC+CORRESP)

Aqui nós estamos obtendo a soma de um mês específico e de uma equipe específica.

Então no primeiro exemplo que é do mês, a nossa referência inicial são os cabeçalhos de A2 até A21, pois os valores dos meses estão dispostos em colunas.

Em seguida nós temos a utilização da função CORRESP para poder obter a informação da célula J2, ou seja, o CORRESP vai pegar a posição em que esse mês está no nosso cabeçalho para que possamos deslocar a nossa seleção até o mês correspondente.

Feito isso nós vamos fazer a soma dessas informações!

Explicação do primeiro exemplo
Explicação do primeiro exemplo

Como estamos verificando o CORRESP da célula B1 até G1, a posição do mês vai ser exatamente quantas colunas vamos ter que deslocar para a direita.

Se fosse o mês de janeiro só iríamos deslocar uma única coluna. Como deslocamos 4 paramos na coluna E e já temos todas as informações selecionadas, pois o nosso intervalo vai da linha 2 até a linha 21.

Então toda vez que fizermos uma alteração no mês desejado essa fórmula já vai ser atualizada automaticamente com o valor total daquele mês.

Para o segundo exemplo temos basicamente o mesmo procedimento, a única diferença é que ao invés de colunas, agora teremos linhas, pois vamos fazer a soma das equipes!

Na aba DESLOC2 fica um desafio para você tentar fazer que é uma ferramenta de busca + validação de dados automática!

Conclusão da Função DESLOC

Nessa aula eu te mostrei como usar a função DESLOC e já te mostrei alguns exemplos práticos de como pode utilizar isso no seu dia a dia.

É muito importante que você pratique para que saiba qual ferramenta utilizar em cada situação, pois as vezes temos mais de uma opção, mas uma delas pode ser mais fácil de utilizar.

Então é sempre bom praticar para quando tiver um problema você ter pelo menos uma maneira de resolvê-lo!

Hashtag Treinamentos

Para acessar outras publicações de Excel Avançado, clique aqui!


Quer aprender tudo de Excel para se tornar o destaque de qualquer empresa?


Quer participar do maior evento de Power BI da América Latina de forma 100% Online e Gratuita? Inscreva-se abaixo!