Blog

Postado em em 22 de fevereiro de 2021

Dashboard: O Que É, Para Que Serve e Como Fazer? [GUIA]

Nem só de grandes ideais se faz um profissional ou uma empresa. Para ter sucesso, também é imprescindível fazer a gestão de dados e informações. Nesse processo, um Dashboard ajuda bastante. 

O termo em inglês parece estranho ou, ainda, você já até ouviu falar, mas não entende muito bem como funciona? 

Descubra tudo sobre ele neste conteúdo! 

Vamos te mostrar como dá para ajudar mais a empresa para qual você trabalha. Além disso, de qual forma você pode se destacar no mercado profissional. 

Aproveite! 

Quer impressionar com os seus Dashboards? Então conheça o Curso Completo Online e com certificação de Power BI da Hashtag Treinamentos!

O Que É Um Dashboard?

O Dashboard nada mais é do que um painel personalizado para exibição de informações

Exemplo de Dashboard
Exemplo de Dashboard do Site da Microsoft

A produção dele é feita no Power BI, ferramenta pertencente à Microsoft, que permite a união de dados e informações. Tudo com botões e funções específicas. 

Dessa forma, fica mais fácil coletar conteúdos de várias fontes diferentes (programas ou mesmo do computador) de uma só vez e fazer o tratamento adequado. 

Muito bacana, não é mesmo? 

Mais adiante, vamos ver que existem diferentes tipos de Dashboards.

Para Que Serve Um Dashboard?

Como agora você já sabe qual o significado de Dashboard, chegou o momento de entender a função dele. 

Mais do que unir dados, o painel permite o acompanhamento das métricas de qualquer empresa. 

Vale ressaltar que esses cuidados são extremamente importantes para o atingimento dos objetivos e, consequentemente, do sucesso. 

Muitas instituições e profissionais até sabem desses aspectos, mas acabam pecando na prática. 

Como assim? 

Por exemplo, um gestor pode pegar as informações, mas usar um programa simples, que não ofereça gráficos mais elaborados. 

Ou ainda, há os casos em que as pessoas até usam o Power BI, mas não fazem o acompanhamento constante das métricas. 

É preciso apostar e conhecer o máximo possível do programa de Business Intelligence! 

Quais Dados Podem ser Visualizados em Um Dashboard?

quais-dados-podem-ser-visualizados-em-um-dashboard

No Dashboard, é possível visualizar, tratar e analisar uma variedade gigante de informações, por exemplo: 

  • número de vendas da empresa no geral; 
  • faturamento por unidade (no caso de redes);
  • performance dos negócios por estado (para empresas com atuação nacional);
  • valores de investimento e despesas; 
  • estoque de produtos;
  • estratégias de campanhas de marketing;
  • entre tantos outros. 

Aliás, para a reunião de todos esses dados também dá para usar vários tipos de gráficos: mapa, coluna, linha, pizza, etc. 

A quantidade de ferramentas é realmente muito grande para que você possa construir um relatório bem elaborado e as informações importantes em destaque.

Quais os Diferentes Tipos de Dashboards?

Como o objetivo e, consequentemente, o tipo de informações é variável, acaba que os Dashboards também têm diferentes  modelos.

No site da Microsoft você pode visualizar diversos deles até para ter ideias de como criar o seu próprio, basta clicar aqui para visualizar.

Conheça os principais deles: 

Dashboard Operacional

O Dashboard operacional é usado por equipes que “colocam a mão na massa”, ou seja, que realmente participam das operações. 

O painel auxilia no acompanhamento do fluxo de trabalho e, assim, orienta as melhores decisões para momentos distintos. 

Exemplo: um analista de estoque precisa, constantemente, ver as informações sobre a quantidade e os modelos de produtos disponíveis no galpão. 

Tudo isso pode ser feito por meio do Dashboard. 

Dashboard​ Tático

Já o Dashboard Tático, como o próprio nome adianta, ajuda no planejamento e execução ligados a recursos. 

Isso também é muito importante, pois leva a inovações e destaque da marca em meio a um mercado extremamente concorrido. 

Exemplo: imagine que, na gestão de estoque, as pessoas consigam ver quais são os produtos mais vendidos e, com isso, possam aplicar vantagens sobre eles, como descontos. 

Dashboard Estratégico

O Dashboard Estratégico tem a missão de mostrar os dados mais gerais dos negócios. 

A partir disso, é possível fazer comparações do cenário atual com os de outros tempos. Essa análise ajuda tanto a diretoria quanto às equipes operacionais a pensarem em melhorias. 

Como Fazer um Dashboard Usando o Power BI?

Depois de abrir o Power BI, você precisa importar os dados. Clique em “obter informações” e, depois, selecione o programa de onde você quer puxar os conteúdos. 

O próximo passo é colocar o título do relatório, na função “caixa de texto”.

Em qualquer Dashboard, também é importante usar elementos visuais, isso pode ser feito por meio do campo “visualizações”, localizado ao lado direito da tela.

Então, você deve puxar os dados referentes ao documento de informações na função “campos”. 

Uma dica muito importante: procure começar a fazer o relatório das informações macros para as micros. Isso facilita o trabalho e torna tudo mais ágil. 

No vídeo abaixo, você pode conferir mais detalhes do passo a passo de como fazer um Dashboard: 

Quais os Principais Erros ao Construir Um Dashboard?

quais-os-principais-erros-ao-construir-um-dashboard

É claro que saber o que não fazer também te ajuda a criar relatórios incríveis e surpreender seus chefes e demais colegas de trabalho

Separamos algumas erros que devem ser evitados, olha só: 

Usar Cores Demais

É fato que diferentes tonalidades ajudam na visualização das informações, mas o excesso ainda pode deixar tudo tumultuado e confuso. 

Sendo assim, foque no “menos é mais”! 

Ter Excesso de Efeitos Visuais

O Power BI é bacana por diversos motivos, entre eles, a possibilidade de usar efeitos visuais. Mas não exagere! 

Explore somente o necessário. Antes de finalizar a apresentação, vale enviar para um colega mais próximo e pedir a opinião dele. 

Ter Excesso de Informações

Outro grande erro sobre Dashboard é  querer usar o maior número possível de informações. 

As grandes quantidades de dados não significam um relatório bem feito. O ideal, antes de tudo, é perguntar: o que você deseja saber. 

Só depois, então, selecione os dados fundamentais, pois é muito importante que tenhamos somente o essencial e o que é importante.

Não adianta inserir diversas informações para encher o Dashboard e deixar tudo amontoado parecendo uma bagunça.

Com esse simples exercício, você já saberá fazer a seleção correta. 

Quer impressionar com os seus Dashboards? Então conheça o Curso Completo Online e com certificação de Power BI da Hashtag Treinamentos!

Conclusão

Neste conteúdo, simplesmente, te demos o seu passaporte para o sucesso profissional. 

Sim, a partir do Dashboard, sem dúvidas, você poderá surpreender todos ao seu redor e, até mesmo, aqueles que estão distantes. Também dá para conquistar aquela vaga de emprego dos sonhos. 

Quer saber mais sobre o relatório e o programa de Business Intelligence? 

Então, não deixe de se inscrever no curso de Power BI

#treinamentos # treinamentos

Estão abertas as inscrições para o Programa Completo Excel Impressionador!

Clique no botão abaixo para mais informações: